Núcleos de Pesquisa

Apresentação

Os Núcleos de Pesquisa do Galpão Cine Horto foram criados para fortalecer o espaço de investigação teórico-prático em diversas áreas de conhecimento da criação cênica e da cultura, fomentando o intercâmbio entre artistas, estudantes e pesquisadores. Coordenados por profissionais que atuam no mercado cultural, os Núcleos de Pesquisa acontecem em períodos e formatos distintos, de acordo com as especificidades de seu conteúdo.

Os Núcleos adicionam panoramas de aperfeiçoamento e experimentação artísticos para estudantes e profissionais interessados na criação de linguagens nas áreas de Dramaturgia, Figurino, Cenografia e Teatro para Educadores. Os Núcleos constituem espaço importante para os profissionais que atuam nos bastidores das artes cênicas a partir dessas linguagens ou que as utilizam como instrumentos cênicos para a atuação em artes visuais e audiovisuais, em um contexto de valorização dos elementos visuais, sinestésicos e sensoriais em todas as linguagens artísticas e também no teatro, a partir do conceito do pós-dramático.

Por sua característica híbrida, os Núcleos são estratégicos por articular diversas possibilidades de diálogo com os demais projetos do Galpão Cine Horto e com o contexto de produção artística da cidade, ao promover palestras com artistas convidados e compartilhar  metodologias de pesquisa e criação artística através de Mostras de Trabalhos, valorizando a autonomia, a investigação, o pensamento crítico, o processo e o teatro como laboratório para o convívio político de diversidade, de liberdade e para o estudo do afeto.

Os Núcleos de Pesquisa do Galpão Cine Horto destacam-se como iniciativas de formação e aperfeiçoamento artístico com caráter de continuidade e experimentação, de maneira a suprir uma demanda crescente em Belo Horizonte pelo aprendizado e exercício artístico, em um ambiente de co-working, favorecendo a troca, o encontro, a proliferação de ideias e compartilhamento de referências. Percebemos a demanda crescente por espaços que fomentem a experimentação, no sentido de exposições, mostras, intervenções e performances em torno da investigação sobre as artes cênicas, em diálogo com as artes visuais e demais linguagens artísticas, a partir de uma plataforma híbrida de ensino, prática e criação.

 

SOBRE OS NÚCLEOS DE PESQUISA

NÚCLEO DE PESQUISA EM TEATRO PARA EDUCADORES

Coordenação Gláucia Vandeveld

Apresentação

O Núcleo tem como objetivo fomentar a pesquisa na área de Teatro-Educação, estimulando e instrumentalizando educadores que tenham ou queiram ter o teatro como elemento de atuação em sala de aula a desenvolverem projetos junto a suas escolas. A partir de aulas práticas, reflexões sobre o trabalho realizado e discussões de textos teóricos sobre teatro-educação, o educador participante terá a possibilidade de ampliar e enriquecer sua prática pedagógica, familiarizando-se com as particularidades e especificidades do exercício teatral e reconhecendo o teatro como um saber, sem perder de vista a sua própria vivência artística.

Sobre Glaucia Vandeveld

Atriz, formada pela EAD, Escola de Arte Dramática da ECA/USP, com especialização em Arte-Educação pela Fundação Clóvis Salgado, Palácio das Artes. Foi professora de Artes Cênicas no Instituto de Arte e Cultura De Ouro Preto, IAC; no Centro de Cultura Nansen Araújo – Sesiminas/BH e no ensino fundamental e médio nas Escolas Albert Einstein, Escola Da Serra e Colégio Loyola em BH. Ministrou oficinas para contadores de histórias no Colégio Santa Dorotéia/BH, na PUC Minas e no Instituto Cultural Usiminas em Ipatinga/ MG. Desde 1999, integra o Núcleo Pedagógico do Galpão Cine Horto, onde trabalha com adolescentes e adultos nos Cursos Livres de Teatro; é coordenadora do Núcleo de Pesquisa em Teatro para Educadores. Ministrou oficinas para grupos da maioridade na parceria do Galpão Cine Horto com o Instituto Unimed-Cidadania, nas regionais da prefeitura de Belo Horizonte. É colaboradora do FETO/BH- Festival Estudantil de Teatro e do FITUB- Festival Internacional de Teatro Universitário de Blumenau/SC, onde ministra Oficinas de Teatro para educadores. Atriz-pesquisadora do Coletivo Paisagens Poéticas e atriz convidada do Grupo Espanca.

 

NÚCLEO DE PESQUISA EM CENOGRAFIA

Coordenação: Nathalia Larsen

O objetivo em nossos encontros é estudar as técnicas que envolvem a produção cenográfica, como sistemas construtivos, iluminação, materiais, entre outros. Assim como, processos criativos e tipologias de cenários, visando às possibilidades de desdobramento do pensamento e da materialidade, em uma obra teatral. O núcleo conta com aproximações com especialistas, visita técnica, reflexões de metodologias para o desenvolvimento criativo e experimentação. O objetivo final é o desenvolvimento de um trabalho, que poderá ser apresentado em diversas linguagens visuais, como; fotografia, colagem, maquete, desenho, entre outros.

Sobre Nathalia Larsen

Arquiteta e museógrafa, pós-graduada em Arte Contemporânea, reflexão e critica. Atualmente gerente de projetos e obras no IEPHA-MG. Trabalha nas áreas de design, arquitetura, restauração e museografia.

 

NÚCLEO DE PESQUISA EM DRAMATURGIA

Coordenação: Assis Benevenuto e Vinícius Souza

O Núcleo de Pesquisa em Dramaturgia (um projeto em parceria com o Ateliê de Dramaturgia) é um espaço criativo de escrita e interlocução; um encontro para a descoberta e/ou aprofundamento de escritas teatrais autorais. A proposta desta edição é proporcionar a um publico iniciante um contato com conceitos básicos da escrita teatral (como as ideias de ação, estrutura, personagem, espaço-tempo, etc.), sob um olhar múltiplo e contemporâneo. Este contato se dará de maneira pratica, a partir de exercícios de escrita, leitura de textos dramáticos e teóricos e exposição de ideias teatrais. Além disso, dramaturgos da cidade serão convidados a compartilharem seus processos de escrita com o Núcleo de Dramaturgia.

Sobre Vinícius Souza

Coordenador do Ateliê de Dramaturgia. Dramaturgo, diretor, ator, produtor e pesquisador teatral. Mestrando em Teatro pela UFMG e formado como ator pelo CEFAR-Palácio das Artes. Idealizador e coordenador do Janela de Dramaturgia, mostra de dramaturgia contemporânea em Belo Horizonte. Dentre seus últimos textos escritos estão: Extraordinário (montado pelo Teatro do Concreto/DF), Ensaio de Mentira (coautoria com Assis Benevenuto para o Oficinão 2013) e O leão no Aquário e Três Tigres Tristes (lidos no Janela de Dramaturgia). Recentemente estreou seu primeiro solo, Bestiário.

Sobre Assis Benevenuto

Coordenador do Ateliê de Dramaturgia. Formado em teatro pelo CEFAR, em Letras pela UFMG. Membro do grupo Quatroloscinco Teatro do Comum. Trabalha com os grupos Espanca! e Instituto Hahaha. Dramaturgo, ator e diretor. Últimos trabalhos: Rosa Choque (2015); Dente de Leão (2014), Humor (2014), Get Out! (2013), Ensaio de mentira ou último ensaio pra dizer a verdade (2013), Onde está Amarildo (2013) Outro Lado (2011), É só uma formalidade (2009), ator substituto Amores Surdos (desde 2009).

 

NÚCLEO DE PESQUISA EM FIGURINO

Coordenação: Ana Luisa Santos

O Núcleo de Pesquisa em Figurino, desde 2009, reúne estudantes e profissionais de diversas áreas artísticas e criativas, interessados na troca de experiências e na investigação de metodologias de pesquisa e criação em figurino para as artes cênicas e visuais. Durante os encontros, o Núcleo compartilha e discute referenciais teóricos e promove exercícios práticos de elaboração de projetos de figurino. Através do estudo de referências sobre moda, performance, história da arte, fotografia e design, os pesquisadores são estimulados a desenvolver pesquisas e experimentos práticos para a criação artística por meio da linguagem do figurino, em diálogo com as artes cênicas, as artes visuais, as artes plásticas, os demais elementos da cena e a investigação sócio-política sobre o status do corpo na contemporaneidade.

Sobre Ana Luisa Santos

Artista visual da performance e escritora. Mestre em Comunicação Social/UFMG e Pós-Graduada em Arte da Performance/FAV/RJ, trabalha como performer e curadora em artes da presença. Desenvolve projetos de criação, pesquisa e formação em dramaturgia e figurino, atuando também em dança e teatro. É co-diretora da plataforma de publicações independentes “O que você queer” e do documentário “Alfaiates de Belo Horizonte”. www.anasantosnovo.com

NÚCLEO DE PESQUISA EM JORNALISMO CULTURAL

Com os módulos teórico e prático o objetivo do Núcleo de Pesquisa é despertar a sensibilidade do aluno para as especificidades do jornalismo cultural. O curso trabalha o desenvolvimento de uma consciência crítica e criativa em torno da cobertura jornalística voltada para as artes, tanto em uma perspectiva analítica quanto prática.  Estarão em discussão conceitos teóricos norteadores das práticas jornalísticas na contemporaneidade para o desempenho das atividades envolvidas em uma editoria de cultura.

Público alvo: Jornalistas, escritores, críticos de artes, artistas, estudantes e profissionais interessados no desenvolvimento de investigação e exercício prático de comunicação, geração de conteúdo textual, audiovisual e fotográfico, bem como matérias jornalísticas, ensaios, críticas e resenhas sobre a criação artística contemporânea.

Dias e horário: a partir de setembro/2016*

*Inscrições a partir de agosto/2016

Coordenação: Carolina Braga

Carolina Braga é doutora em Comunicação e sociabilidade contemporânea pela Universidad Autónoma de Barcelona em convênio com a UFMG, mestre em Jornalismo e novas linguagens também pela Universidad Autónoma de Barcelona e pós-graduada em Crítica de música pop e cinema pela Universidad Ramon Llull, de Barcelona. É jornalista cultural desde 2001, com experiências na Rádio Guarani, TV Alterosa e atualmente repórter e crítica do caderno de cultura do Jornal Estado de Minas. Colaborou com veículos como Revista Bravo e Correio Braziliense. Foi correspondente internacional entre 2006 e 2008, tendo trabalhado na cobertura de festivais internacionais como o de cinema de Cannes (2007 e 2008) e Roterdã (2007). É professora do Centro Universitário de Belo Horizonte, UNI-BH.  Autora da tese A crítica jornalística de cinema na internet: um dispositivo em transformação.

 

Entre em contato

Rua Pitangui, 3613, Bairro Horto
Belo Horizonte - MG - Brasil - CEP.: 31030-065

+55 31 3481-5580

contato@galpaocinehorto.com.br

Horário de Funcionamento

Segunda a sexta das 9h às 22h, sábado das 9h às 17h e domingo das 15h às 21h.
Bilheteria – Aberta sempre 2h antes das apresentações.
Centro de Pesquisa e Memória do Teatro (CPMT) - segunda a sexta das 14h às 19h

Como Chegar