17º Festival Cenas Curtas

17º Festival Cenas Curtas - Que Lugar Você Ocupa

 

QUE LUGAR VOCÊ OCUPA?

A temática da 17ª edição chama atenção para a discussão latente sobre pertencimento em seus vários aspectos: geográfico, social, político e artístico. A Coordenadora Geral do Galpão Cine Horto, Giselle Milagres, explica: “Que Lugar Você Ocupa’ é um convite ao diálogo sobre a cidade que vivemos, nossa relação com as questões políticas atuais, nosso papel enquanto cidadãos e a potência da arte em meio a essas articulações”. Sem respostas prontas, o tema revela a pluralidade que é a busca de reconhecer o lugar que ocupamos. “A diversidade de linguagens e propostas cênicas oriundas de cinco estados são recortes que não buscam encerrar o enorme leque de possibilidades de respostas, mas, ao contrário, expande”, conclui.

Foram mais de 230 inscrições de Cenas, sendo 16 selecionados para o festival que aconteceu de 15 a 18 de setembro de 2016 no Galpão Cine Horto. Essa edição trouxe uma novidade: a convocatória ROLÊ. A categoria recebeu mais de 60 propostas artísticas e 10 delas irão compor a programação com atividades no Corredor Leste.

 

MOSTRA DE CENAS CURTAS

Por ordem de apresentação. As cenas em destaque foram as mais votadas pelo público

O BUG | Tulio Cassio Souza Santos (Belo Horizonte/MG)
AUTO-CURADORIA: UMA DRAMATURGIA DE ATITUDE | Carlos Hamilton Fernandes de Oliveira (Contagem/MG)
AMA | Anderson Ferreira do Nascimento (Belo Horizonte/MG)
CABARÉ VOLTEI – OSWALD RÓI UBU | Ricardo Bertola Nolasco da Silva (Curitiba/PR)
REDESCOBRINDO LAUTREC | Caroline Graeff (Nina Vogel) (São Paulo/SP)
CASULO | Letícia de Oliveira (Campinas/SP)
EU | Andréia Quaresma Andrade Ferreira (Belo Horizonte/MG)
COREOGRAFIA DE ENCHENTE (EM PROCESSO) | Luisa Bruno Martins (Rio de Janeiro/RJ)
ANTI-ANTIGONA | Paulo Henrique Assunção Rocha (Belo Horizonte/MG)
TERRÍVEL PLANÍCIE DE KENÓTITA | Helena Panno Cabral Ramos (Rio de Janeiro/RJ)
PARIRÉ | Gilsergio Botelho de Araújo (Vitória da Conquista/BA)
LAST DANCE | Henrique Magalhães Cordoval (Belo Horizonte/MG)
A CHEGADA DE LAMPIÃO NO INFERNO | Matheus Souto Xavier (Jequié/BA)
ATÉ TU, BRUTUS? | Lucas Vasconcellos (Belo Horizonte/MG)
GUERRILHA | Francisco Thiago Cavalcanti (Rio de Janeiro/RJ)
#MULHERNOTAMIL | William Douglas Barbosa Soares (Belo Horizonte/MG)

 

TEMPORADA DAS MAIS VOTADAS

CABARÉ VOLTEI – OSWALD RÓI UBU | Ricardo Bertola Nolasco da Silva (Curitiba/PR)
EU | Andréia Quaresma Andrade Ferreira (Belo Horizonte/MG)
TERRÍVEL PLANÍCIE DE KENÓTITA | Helena Panno Cabral Ramos (Rio de Janeiro/RJ)
A CHEGADA DE LAMPIÃO NO INFERNO | Matheus Souto Xavier (Jequié/BA)*

* Segunda cena mais votada do dia.

 

ROLÊS

PERIFERICXS | Izaque Vieira (Belo Horizonte/MG)
GUI GUI A GO GO | Guilherme Morais (Belo Horizonte/MG)
RAYNHA DA DUBLAGEM | Daniel Martins de Freitas (Belo Horizonte/MG)
O CORPO DESEMBESTADO DE ADIVINHAADIVA | Matheus Silva (Belo Horizonte/MG)
THE PULSO IN CHAMAS – A BANDA MAIS BABADEIRA DA CIDADE | Wagner Junio Ribeiro (Belo Horizonte/MG)
CALDO DE PERSONAS | Pablo Evangelista Rodrigues (Contagem/MG)
VIOLENTO | Pedro Amparo (Belo Horizonte/MG)
DUELO DE EGOS #6 ANOS – VIA CRUCIS – TRANS-CORRENDO O LADO LESTE | Fábbio Guimarães (Belo Horizonte/MG)
TROPAROZA CHOQ – CONFERÊNCIA MARGINAL | Pedro Pedro (Belo Horizonte/MG)

 

MAIS INFORMAÇÕES

 

ROLÊ

Em sintonia com o tema, a programação ROLÊ reúne 9 trabalhos que irão ocupar os espaços do Corredor Leste. São performances, festas e instalações que abordam temas e estéticas diversas como direito à cidade, negritude, orgulho LGBT e periferia. Os rolês acontecem nos vizinhos e amigos do Galpão Cine Horto que também integram o Corredor Leste.

Gruta! Casa de Passagem: congrega festa e arte em um só lugar.

O Teatro 171: é sede e espaço de confluência de diversos artistas independentes da cidade.

Zona Last: é um bar cultural recém-chegado à região, mas que já vem se firmando como importante espaço dos boêmios da Regional Leste de Belo Horizonte.

 

DEBATE DO DIA SEGUINTE

O formato do Festival segue com 4 cenas em cada dia do evento que são discutidas pelo Debate do Dia Seguinte, tradicional espaço para diálogos e críticas sobre os trabalhos apresentados. Os debates são guiados pela jornalista convidada Joyce Athiê e por Marcos Coletta, ator e pesquisador à frente da coordenação Centro de Pesquisa e Memória do Teatro (CPMT – Galpão Cine Horto).

 

II FEIRA DE PUBLICAÇÕES INDEPENDENTES

Também faz parte da edição deste ano a II Feira de Publicações Independentes que acontece ao longo do dia 17, sábado. As tendas irão ocupar parte da Rua Pintangui com 20 expositores entre artistas gráficos, escritores, editoras independentes e coletivos artísticos. O projeto terá espaço para performances, discotecagem, foodtruck e o duelo de poesias com o Slam Clube da Luta. A Feira traz, ainda, mesas de debates sobre dramaturgia, poesia e publicações independentes que acontecem de 12 a 14 de setembro.

 

FESTA DE ENCERRAMENTO: A CASA DA LUZ VERMELHA

Show com a banda Bagaceira Cult e discotecagem com o DJ Roque Santeiro. Na festa serão divulgadas as cenas mais votadas pelo público do festival e que farão parte de uma temporada nos dias 24 e 25 de setembro. A noite traz ainda o divertido Prêmio Banana Rosa, uma sátira promovida pelo Teatro 171 que inventa suas próprias categorias para premiar os vencedores com uma fruta tingida.

 

COMISSÃO DE SELEÇÃO DAS CENAS CURTAS

A seleção do Festival de Cenas Curtas de 2016 ficou a cargo de Bia Nogueira, Cris Moreira, Letícia Carneiro, Marcos Coletta, Gisele Milagres e Fábio Furtado. Juntos, a comissão selecionou 16 cenas de 5 estados tendo em vista a diversidade de linguagens. Já a comissão da convocatória ROLÊ foi integrada por Henrique Limadre, Marina Viana, Joyce Malta, Gisele Milagres, Pedro Romero e Sosti Reis, que organizaram uma seleção de atividades artísticas pensando a programação do festival para além do Galpão Cine Horto.

Cadastre-se em nossa newsletter

E-mail*

Entre em contato

Rua Pitangui, 3613, Bairro Horto
Belo Horizonte - MG - Brasil - CEP.: 31030-065

+55 31 3481-5580

contato@galpaocinehorto.com.br

Horário de Funcionamento

Segunda a sexta das 9h às 22h, sábado das 9h às 17h e domingo das 15h às 21h.
Bilheteria – Aberta sempre 2h antes das apresentações.
Centro de Pesquisa e Memória do Teatro (CPMT) - segunda a sexta das 14h às 19h

Como Chegar