Mostra dos Núcleos de Pesquisa 2017

Os Núcleos de Pesquisa do Galpão Cine Horto abrem as portas e convidam para a sua Mostra de Processos, no intuito de partilhar seus trajetos teóricos e práticos trilhados. Durante uma semana, o Galpão Cine Horto será ocupado por instalações cenográficas, jogos didáticos, leituras dramáticas e jornalísticas no âmbito cultural, cenas teatrais e work in process. Além das produções resultantes das pesquisas, a Mostra também abre sua perspectiva metodológica por meio do diálogo entre o público, pesquisadores e coordenadores dos sete núcleos em 2017.

 

::: PROGRAMAÇÃO COMPLETA :::

 

20/11 | NÚCLEO DE DRAMATURGIA

Coordenação: Vinícius Souza

PROPOSTA: Bruno, César, Fábio, Letícia, Lucas, Luciana, Luísa, Mariana, Raphael, Thaís, Thiago e Delba passaram alguns meses pensando e produzindo ideias e textos para teatro, a partir de diversos estímulos e desejos; diferentes possibilidades formais, estéticas e temáticas. Agora eles apresentam e compartilham fragmentos desses materiais através de leituras dramáticas e performáticas. Dramaturgia se faz no encontro. Seja bem-vindo!

PESQUISADORES: Ana Helena Santiago Baccarini | Bruno Alves Marini | César Prates Macedo | Fábio Cristiano Silva Lemos | Frederico Antonio de Oliveira Silva | Hilton rodrigo de oliveira | Letícia Maria Badaró de Carvalho | Lucas Lanza Pena | Luciana Cristina Campos | Luciana Eastwood Romagnolli | Luísa Bahia da Fonseca Silva | Mariana de Paula Alves | Raphael Juliano | Thaís Gonçalves de Souza | Thiago Assumpção Fernandes | Thiago Brito Santos | Walter Ianni Netto | Delba de Avelar Menezes | Tiago Ruas Dieguez

 

Local: Teatro do Galpão Cine Horto (R. Pitangui, 3613 – Horto)

Data: 20/11 | Horário: 19:00 – 22:00

Entrada Gratuita

 

22/11 | NÚCLEO DE TRILHA SONORA

Coordenação: Barulhista

PROPOSTA: Refletores

E se os objetos do teatro pudessem emitir opiniões? Se um refletor fosse o ator principal de um espetáculo? Fosse o salto no abismo que nos leva ao novo? Fosse de alguma forma a assunto principal de um espetáculo sem atores? Camadas e mais camadas para falar da importância do som. Sobre o não lugar, sobre o que aparece sem ser aparente. E o público perde o ponto de vista e descobre o ponto de escuta. Refletores, baseado na ideia original de Sabará Orlan, é um pequeno ruído para os olhos.

PESQUISADORES: Antônio Vinícius, Evandro Heringer, Fabrício Bastos, Felipe Raphael, Fernanda Graziella, Gilmar Iria, Hugo Araújo, Raísa Campos, Vanessa Bubgniak

 

Local: Teatro do Galpão Cine Horto (R. Pitangui, 3613 – Horto)

Data: 21/11 | Horário: 19:00 – 22:00

Entrada Gratuita

 

22/11 | NÚCLEO DE ILUMINAÇÃO

Coordenação: Rodrigo Marçal

PROPOSTA: O Núcleo de Pesquisa em Iluminação fará a apresentação das pesquisas propostas pelos seus participantes num formato de exposição. Tanto na área técnica, no entendimento do uso de novas tecnologias na iluminação, quanto na área artística, o núcleo desenvolveu suas pesquisas a partir das propostas dos alunos/pesquisadores estimuladas pelo ciclo básico de estudos em iluminação cênica ministrados pelos iluminadores Rodrigo Marçal, Jesus Lataliza, Alexandre Galvão e Marina Artuzzi.

PESQUISADORES: Aline Fernanda dos Santos Pereira | Ana Carolina Antunes Santos | Andrey Prote Zanetti | Bernardo de Almeida Ribeiro Silvino | Bruno Lopes Greco | Carolina de Araújo | Carolina Mattos | Cássia Macieira | Danielle Fortunato da Silva | Fabiana Metzker de Andrade | João Carlos da Cruz Carreño | Juliana Nunes Peixoto | Leonardo Augusto Almeida dos Santos | Lorena Vaccarini Ávila | Luiz Henrique de Castro Silva | Maiara Victor da Silva | Marcelo Bacelar Dias | Marcos Luiz de Assis Junior | Maria Beatriz de Castro Borges | Marina Ferrara Barbosa Aparecido | Rodrigo Oliveira | Taísa Teixeira Campos | Victória Loureiro Cardoso | Wendell Guilherme Barbosa | Victor Tavares de Oliveira Endo

 

Local: Teatro do Galpão Cine Horto (R. Pitangui, 3613 – Horto)

Data: 21/11 | Horário: 19:00 – 22:00

Entrada Gratuita

 

23 /11 | NÚCLEO DE CENOGRAFIA E FIGURINO

Coordenação: Thálita Motta

PROPOSTA: A partir das 19h, pesquisadores e público compartilharão uma grande mesa de bar no Boteco de Pesquisa. Entre uma cerveja e um petisco será apresentado o processo de estudo sobre a obra literária As cidades Invisíveis, de Itálo Calvino. Em meio a derivas, imagens e escritas pessoais, o grupo criou outras espacialidades, possíveis cenografias e, sobretudo, cidades outras – nesta mesma que habitamos – para enfim sintetizarmos todas elas, as cidades que imaginamos, na corporeidade e sua dimensão expandida: a roupa, o figurino, o traje. Nossa mostra é um convite à partilha dos processos dentro e fora da cena que nos permitiram praticar o olhar, a pesquisa e a artesania nas criações em cenografia e figurino.

 

Instalações corpo-cenográficas e pesquisadores

Souvenir Isabela Itabayana e Stella Nardelli

Da gaveta – Álisson Valentim, Débora Lutz, Fabiana Metzker

ENTRECORPOS, cidade que entrelaça – Cleide Veronica de Souza, Fábio Lemos, Mariana Marques dos Santos. Wellington Nascimento

Principe das Ervas / Fada GaiaRaphael Modesto, Isadora , Maria Elisabeth da Silva, Anna Luiza Souza

 

Local: Vários espaços do Galpão Cine Horto (R. Pitangui, 3613 – Horto)

Data: 23/11 | Horário: 19:00 – 22:00

Entrada Gratuita

 

24/11 – NÚCLEO DE DIREÇÃO  

Coordenação: Raquel Castro

17h às 20h – Dispositivo nº 1: Café e conversa com o Núcleo de Direção e mobilização para a construção do Dispositivo nº 1.

20h às 23h – Olhar a cena: Espetáculo “Guerrilha”, diálogos sobre a encenação e articulação para o Dispositivo nº 1. (OBS: Para o espetáculo “Guerrilha” há cobrança de ingresso no valor de R$ 10,00/20,00 e classificação indicativa 16 anos)

19h às 22h – Dispositivo nº 1 na rua: Ação desenvolvida com o público da Mostra e parceiros, a partir da ideia de encenação no espaço urbano e o uso de dispositivos.

PESQUISADORES: Adriana Silva | Ana Carolina Martins Lopes | Ana Cecília de Lima Pereira | César Prates Macedo | Cláudia da Silva | Diego Daniel Hugo Cordeiro | Emanuelle Pinheiro Pessoa Ferreira | Filipe Gustavo Arêdes de Souza | Francisco Grynberg Bignotto | Hérlen Francisca Romão | Júlia Camargos de Paula | Juliana Abreu de Melo | Kelly Crifer | Maiara Victor da Silva | Thomaz Bazilio Cannizza

 

Café/Conversa

Local: Foyer – 2º andar do Galpão Cine Horto (R. Pitangui, 3613 – Horto)

Data: 24/11 | Horário: 17:00 – 20:00

Entrada Gratuita

Guerrilha

Local: Teatro do Galpão Cine Horto (R. Pitangui, 3613 – Horto)

Data: 24/11 | Horário: 20:00 – 23:00

OBS: Para o espetáculo “Guerrilha” há cobrança de ingresso.

Dispositivo nº 1 na rua

Local: Entorno do Galpão Cine Horto (R. Pitangui, 3613 – Horto)

Data: 01/12 | Horário: 19:00

Entrada Gratuita

 

25/11 | NÚCLEO DE JORNALISMO CULTURAL

Coordenação: Carol Braga

PROPOSTA: Os participantes do Núcleo de Pesquisa em Jornalismo Cultural produziram reportagens multimídia destacando aspectos variados da rotina cultural de Belo Horizonte. A partir de dispositivos variados, os integrantes foram estimulados a buscar novos caminhos para a narrativa jornalística convencional desenvolvendo um olhar crítico para temas da cidade.

PESQUISADORES: Márcia Mendonça | Ester Louback  | Joana Braga | Gabriela Brito  | Laura Maria | Luciana Campos | Ana Gabriela Oliveira | Túlio Nunes  | Thiago Prata | Gabrielle Rodrigues  | Lara Alves | Tatiana Mesquita  | Pedro Cícero  | Aline do Espírito Santo  | Marina Dayrell | Diana Valentina Araújo  | Trupe Gaia 

 

Local: Cinema do Galpão Cine Horto (R. Pitangui, 3613 – Horto)

Data: 25/11 | Horário: 09:30 – 12:30

Entrada Gratuita

 

25/11 | NÚCLEO DE TEATRO PARA EDUCADORES

Coordenação: Gláucia Vandeveld

  • Experiências que alimentam e enriquecem: Uma performance autobiográfica sobre o processo de integração do Núcleo de Pesquisa de Teatro para Educadores no ano de 2017.

Pesquisadores: Luciana Bizzotto e Carlos de Faria.

Sinopse: Vamos brincar?

Quais as suas inquietações?

Fale de si.

Eu digo: grite!

Quando o desejo espreita a possibilidade de não ser, o teatro surge para nos tornar sensíveis à vivência que não tivemos. Através do encontro com o outro, quando orientamos um processo de jogo, o aprendizado é mútuo. São percepções de posições diferenciadas que nos oferecem a oportunidade de autoconhecimento. Descobertas, incentivos, aprimoramento, retrocessos; tudo está cercado por uma angústia pelo desconhecido. Espaço vazio a ser transpassado pelo que o momento inspira, pelas referências pessoais e pelas influências do que é visto quando se pertence a um grupo. É nas entrelinhas que se transforma o olhar que lançamos sobre o mundo. Experiências que alimentam e enriquecem.

  • Afeto e Integração por meio do Jogo Teatral na Educação

Pesquisadora: Sara Sany Silva e Pinto

Sinopse: Através do “JOGO TEATRAL” e da busca da “TEATRALIDADE nos JOGOS TRADICIONAIS” contribuir para uma integração mais consciente entre os alunos participantes e os elementos de temas trabalhados em atividades de educação, incluindo a socioambiental, proporcionando um tipo de aprendizagem intuitiva, sistêmica e afetuosa, o resgate das características singulares deste indivíduo, e mesmo de seus próprios valores que servem de referência e mediação para o ato em cena

Projeto realizado no Colégio Caetano de Sete Lagoas/MG, com alunos do 9˚ ano do Ensino Fundamental e alunos do 2º e 3º períodos da Educação Infantil.

  • Conjecturas

Pesquisador: Carlos de Faria

Sinopse: Depois de muitas conversas com os alunos onde cada um falou o que imaginou sobre: relacionamento abusivo, liberdade, momentos, sentimentos, crise, escola… eles levantaram questões, o que acontece e o que não acontece, isso tudo recheado com muitos “se”. Eles criaram alguns textos dizendo desse lugar, onde a infância e adolescência transitam sem se entender, buscando-se em seus semelhantes e muitas vezes querendo começar novamente procurando uma segunda chance.

Alunos participante do “Projeto Arte para a vida”, projeto que atende três escolas municipais da cidade de Santa Luzia/MG: E. Municipal. Dona Quita, E.M Luiza Rosália e E. M. Ceçota Diniz. Além de ex alunos das mesmas.

  • Vivendo e Aprendendo

Pesquisadora: Regina Beatriz do Amaral Moraes

Sinopse: No Jogo Teatral, segundo Spolin (2001, apud Hartmann e Ferreira, 2010, p.50) “todas as pessoas são capazes de atuar no palco. As pessoas que desejarem são capazes de jogar e aprender a ter valor no palco”. Assim os alunos se envolvem na atividade proposta, uma vez que serão atuantes e principalmente espectadores críticos, o que ajuda a desenvolver nestes jovens, a curiosidade, a motivação e a autonomia.

A atividade foi desenvolvida seguindo a corrente metodológica do Jogo Teatral (Viola Spolin), tendo como público alvo jovens com a idade de 15 a 23 anos participantes da Mocidade Espírita Servos de Jesus de Contagem/MG.

  • Piratas ao mar

Pesquisadora: Beatriz Ferraz

Sinopse: Em “Notas sobre a experiência e o saber da experiência”, de Jorge Larrosa Bondía, o sujeito da experiência tem algo desse ser fascinante que se expõe atravessando um espaço indeterminado e perigoso (…)” (BONDÍA, 2001, p.25). A partir da leitura desse texto, longamente citado, a palavra, e realmente personagem fascinante, pirata me instigou a pensar se temos nos arriscado tanto nessa travessia dos dias que temos vivido? Estamos mesmo partindo de um ponto em direção a outro experimentando atravessá-lo? O que nos modifica essa travessia? Estamos mesmo experimentando essa modificação? Somos piratas? Nos permitimos ser piratas?

 

Local: Teatro do Galpão Cine Horto (R. Pitangui, 3613 – Horto)

Data: 25/11 | Horário: 09:00 – 13:00

Entrada Gratuita

 

 

Categoria: Notícia Capa, Notícias | Assuntos:

Cadastre-se em nossa newsletter

E-mail*

Entre em contato

Rua Pitangui, 3613, Bairro Horto
Belo Horizonte - MG - Brasil - CEP.: 31030-065

+55 31 3481-5580

contato@galpaocinehorto.com.br

Horário de Funcionamento

Segunda a sexta das 9h às 22h, sábado das 9h às 17h e domingo das 15h às 21h.
Bilheteria – Aberta sempre 2h antes das apresentações.
Centro de Pesquisa e Memória do Teatro (CPMT) - segunda a sexta das 14h às 19h

Como Chegar