Mostra dos Cursos Livres 2017 | 2º Semestre

A Mostra dos Cursos Livres de Teatro do Galpão Cine Horto tem como objetivo criar um espaço para que o aluno possa experimentar, diante de uma plateia, os exercícios propostos em sala. Essa experiência, ao mesmo tempo pedagógica e artística, é fundamental para o processo de amadurecimento e apropriação do conteúdo desenvolvido no semestre, pois a prática do teatro está além da apresentação de espetáculos e cenas. Para que isto aconteça, é preciso estar atento, escutar a si mesmo e ao outro, confiar, arriscar-se e, sobretudo, estar disponível para o jogo.

E é nessa atmosfera de risco, prazer e generosidade que convidamos os amigos e familiares a compartilhar conosco mais uma etapa de nossa aprendizagem. Fiquem ligados no nosso site e página do facebook, temos ótimas novidades para 2018!

Matrículas abertas – 16 de janeiro | Início das aulas – 03 de março

 

::: PROGRAMAÇÃO COMPLETA :::

 

Sábado, 09/12 – 11h

 

JOGOS TEATRAIS: Faz de conta que…

“Era uma vez uma floresta! Finge que a gente estava perdido! Finge que tinha uma mapa e um tesouro também!” O exercício da turma dos jogos teatrais mostra como a imaginação se integra no dia a dia das crianças e como, a partir do  “faz de conta” vivenciado por elas com tanta verdade e alegria, criamos situações buscando o jogo teatral com o espaço e com os objetos.

Professores: Juliana Martins e Leandro Acácio

Alunos: Ana Clara Cunha Dias Aguiar, Anita Martins Del Picchia, Beatriz Lima Tavares, Eduardo dos Santos Ferreira Malaquias, Giulia Lopes de Carvalho Zile, Késia Kéren Gonçalves Dias, Luísa Miranda Falcao, Pedro Oliveira da Costa, Valentina Ferrari de O. Netto Rocha

 

BÁSICO 1: Surpresa!

A partir de 3 exercícios escolhidos pelos alunos do Básico 1 (objetos imaginários; detetive e paisagem imaginária), criamos uma situação ficcional que incorporasse esses exercícios e outros temas que surgiram em improvisações durante o segundo semestre de 2017.

Professora: Letícia Castilho

Alunos: André Salles Reis, Bernardo Henrique Resende, Hudson Cunha Melo e Oliveira, Irupê Vieira Gutierrez , Italo Pacheco Anjos Viana, Letícia Izabelle Silva Ribeiro, Luísa Sampaio Serato Migueletto, Sophia Gilah Martins Oliveira M. Gomes

 

BÁSICO 2: Conversem, não temos wi fi

Como seria um dia em nossas vidas sem a internet?  Wi fi, redes sociais, celulares, tablets… Interagir, informar, curtir, compartilhar, conectar-se com o mundo em segundos. O exercício cênico da turma do Básico 2 fala sobre essa ferramenta tão essencial nos dias de hoje, mas que tem provocado mudanças na forma como vivemos o momento presente e como interagimos com as pessoas. E você, já se desconectou hoje?

Professora: Juliana Martins

Alunos: Airumã Vieira, Alice Valle, Ananda Toledo, Emilly Souto, Felipe Alcântara, Bella Antunes, Juliana Lorenzato, Nayara Demétrio, Rubia Conavez, Yago Henrique

 

BÁSICO 3: Exercícios Cênicos

O Exercício foi construído a partir de jogos e exercícios experimentados em sala de aula. Inspirados pelos improvisos e conversas sobre “Padrões” a turma construiu uma pequena composição repleta de questionamentos e reflexões – O que é preciso fazer para ser aceito? Por que a sociedade tem necessidade de rotular as pessoas? O que é belo pra mim é belo para o outro? Padrões estéticos são criados por quem? Eu preciso me enquadrar? Quem determina o que é Arte?

Professora: Camila Morena da Luz

Alunos: Ana Clara Souza Pagano, Arthur Pereira Ramos Schuchardt, Felipe Gonçalves, Gabrielle Lorrany Silva Santos, Isabela Jordão, Luiza Lucena, Mariana de Magalhães, Raquel Menezes, Sátila Vitória

 

Segunda, 11/12 – 20h

 

JOGOS DE AFETO: Cem anos de perdão

Ter medo de escuro e de trovão, engolir peixe vivo pra aprender a nadar, roubar doce e dançar na chuva! Essas histórias e tantas outras guardadas em nossas memórias inspiraram nossos últimos encontros, assim como o conto “Cem anos de perdão”, de Clarice Lispector. A turma dos Jogos de Afeto traz para a cena lembranças de um passado que reverbera ainda hoje em suas vidas.

Professora: Juliana Martins

Alunos: Ana Maria de Souza, Adriana Lazário, Carminha Palma, Eunice Ferreira Guimarães de Byrne, Maria do Carmo Reis, Mazza Biasutti, Maria Lúcia Melo, Silvana Maria de Souza, Valquíria Miranda

 

TEATRO 1 – turma 1: “Abraçatória”

Cercar, envolver, cingir, enlaçar, unir, aproximar. Abraçar é tudo isso e muito mais!  Partindo das investigações vivenciadas durante o semestre focadas na consciência do próprio corpo, na relação com o espaço, no jogo, na construção de um coletivo e no entendimento da teatralidade, a turma do teatro 1, turma 1, propõe em seu exercício cênico uma “Abraçatória”! Afinal, o abraço é um meio supremo de perceber o outro, é um ato político dos mais radicais e necessários nos dias de hoje!

Professora: Juliana Martins

Alunos: Annelise Grube, Antonio Januzzi, Barbara Belo de Souza, Clara Luz F. Ribeiro Bastos, Fabio Correa Lima, Fernanda Moura, Fred Rabelo, Heberton Lopes, Henrique Maia Viana, Iara Letícia, Jan Prado, João Lucas Batista, João Paulo de Lorena, João Pinto, Julia Orta, Leandro Almeida, Luisa Lobo, Luiza Camisassa, Shirley Rodrigues

 

TEATRO 2 – turma 2: Quem nos tira dessa posição? Todo mundo está com falta de ar

Apoiados pelas palavras de Grace Passô, Ana Martins Marques, Fernando Bonassi e pelos textos autorais da Julia Campos, buscamos colocar questões diante desses nossos dias. Através de exercícios coletivos de composição com o espaço, o texto e os nossos corpos, resistimos! Na criação de imagens poéticas, tentamos respirar.

Professora: Gláucia Vandeveld

Alunos: Amanda Cerq, Bruno Araújo, Carol Peixoto, Cláudia Lavarini, Cleiton Figueiredo, Daniel Pereira, Danilo Pataro, Dudu Melo, Isabel Abreu, Julia Campos, Julia Dinardi, Laura Coutinho, Letícia Couto da Silva, Mariana souza Lopes, Matheus Carvalho, Nádia Natielle Fonseca, Paula Riquetti, Poliana Sabino, Rodrigo Liberato, Sophia Arreguy, Ucá

 

TEATRO 2 – turma 3: … então que sejas

Sinopse: Em nossos encontros, buscamos modos distintos de experimentar e praticar o estudo do movimento, a percepção espacial, a vivência rítmica, a escuta sensível, a composição. Da leitura de textos de diversos gêneros, surge a metáfora para a criação do nosso exercício cênico: as relações humanas.

 

Professor: Leandro Acácio

Alunos: Adriane Morais, Amanda A. Loures Hosken, Ana Luísa Alves Ferreira, Bárbara Barbalho, Ca Mila, Carlos Martins, Douglas Carvalho, Hamilton Romualdo Dutra, Haydyn Petrus, Maruch Gonzaga, Maíra Ramos, Otacílio Pereira da Fonseca, Otávio Paes, Samantha Pires, Sandrelise Chaves, Victor Hugo, Hyu Oliveira

 

TEATRO 5: Exercícios Cênicos

Numa feira se vê, se escuta e se compra de tudo. De tudo? Sonhos? Um amor? Garantia de felicidade? O futuro? O silêncio? O caos e a diversidade da Feira foram de grande valia na tentativa de organizar tantos temas e conteúdos trabalhados em sala de aula.

O exercício da turma é uma combinação de exercícios, partituras de movimento, estudos de dinâmicas corporais e fragmentos dos textos lidos durante o semestre (In on It, Casa de Bonecas, O Beijo no Asfalto e A Primeira Vista).

Professora: Camila Morena da Luz

Alunos: Fernanda de Sá, Licia Iunes, Marcos Fernandes, Rodrigo Soares, Thais Soki, Thiago Henrique Monteiro

 

Terça, 12/12 – 20h

 

TEATRO 1 – turma 2: É preciso aprender a ficar submerso

Em um mundo cada vez mais pragmático, em que o valor das coisas é medido sempre por sua funcionalidade, a sala de aula de uma escola de teatro é uma espécie de oásis. Neste semestre, investigamos o corpo e a voz, primeiro palco do ator,  como matéria criativa e expressiva para o ator. Temas como energia, dilatação, oposição, ritmo, contato e jogo se tornaram nosso vocabulário comum e também o veículo para a criação deste exercício. Submergimos em nós mesmo em busca de energias adormecidas; novas percepções de si, do outro e do espaço, novas relações e entendimentos, novas conexões… Aprender a ficar submerso para que a reação espasmódica se transforme em ação: relevante, preenchida e intencional.

Professor: Cristiano Peixoto

Alunos: Bryan Trivelato, Corina Macedo, Danielle Pessoa, Diego Rodrigues, Edson Pedro Marques, Juliano Baeta, Letícia Melo, Luisa Mapa, Natália Morais, Sílvia Eutrópio, Tage Marral, Thiago Grazzinelli

 

TEATRO 2 – turma 1: Tenho quebrado co(r)pos. Tenho recolhido cacos.                                       Estranho planeta e nele essa gente estranha.

Esse tempo. O mundo? Um estranhamento. Nos atropelos, cada qual cuida de si. Inspirados pelas poetisas Wislawa Szymborska e Ana Martins Marques, o Teatro 2 Turma 1, discutiu esses nossos  tempos, o cotidiano e o que não vemos ao redor, propondo um exercício de composição, cujo jogo entre espaço, corpo e texto fundamentam as imagens propostas.

Professora: Glaucia Vandeveld

Alunos:  Aline Sacramento, Amanda Salvador, Bruno Marini, Carlos de Faria, Cleber Jesus da Silva, Dril Lopes, Diogo Silva Ribeiro, Fabiana Soares, Fabíola de Souza, Gabriela Pinheiro Rocha, Isaac Vinícius Ferreira da Silva, João Maria, Letícia Ferreira, Letícia Leiva, Lorena Oliver, Maria Helena Bicalho, Nina Schmoeller, Tati Mesquita

 

TEATRO 3 – turma 2: Ninguém falou que seria fácil (Exercício livremente adaptado/inspirado na obra de Felipe Rocha)

Por que é que você vai embora? Por que você não deixa eu te agarrar? Não deixa eu sentar ao teu lado com calma e ouvir teu silêncio? A única coisa que fica, mas que passa sempre pelo mesmo ponto é a tua ausência.

O vazio. O ponto comum. O onde se encontram as partituras. Como ocupo aquele espaço, como faço o tempo transcorrer. Criamos a partir da relação corpo, tempo, espaço – ações, objetivos, jogo de ação-reação. O nosso desafio constante é deixar a “coisa” respirar para que ela aconteça: Querer explicitar demais ensurdece – deixar espaço pro outro. Nesse processo, a busca: os desdobramentos que nos desloca; Criar uma relação com as ações e com as palavras; Não interpretar as palavras, estar com elas. Nosso trajeto: criar a ação, exauri pela repetição e dar a volta construindo uma linha de acontecimento. Construção e desconstrução gerando um movimento.

Professora: Kelly Crifer

Alunos: Augusto Noronha, Carolina Soares, Daniel de Matos, Dhan Lopes, Diogo Emanuel, Fernando Dornas, Luane Moreira, Luciana Bizzotto, Maria Rihl, Mariana Ozório Lacorte, Mariana Ozório, Matheus Ribeiro, Ricardo Gandra, Victor Nascimento

 

MÓDULO CRIAÇÃO – ADULTOS: Surpresa!

Um aniversário, uma festa surpresa, um grupo de amigos idosos, uma kitinete repleta de memórias, suspense e revelações.

A montagem do módulo de criação se inspirou na peça Um Suéter laranja em dia de luto de André Felipe para criar uma nova versão da trama onde cada aluno pôde através de sua experiência e do trabalho em sala de aula criar um personagem que retrata com sensibilidade a vida na terceira idade.

Com o apoio do grupo de pesquisadores do Núcleo de Dramaturgia foi possível fazer uma adaptação que tentou dar voz a diversidade de anseios e expectativas da turma, trazendo um tom original e descontraído para a encenação. O trabalho também contou com a parceria dos Núcleos de Cenografia e Figurino do Galpão Cine Horto.

Professores: Camila Morena da Luz e Fábio Furtado

Alunos: André Braz, Andressa Lana, Clarissa Tomasi, Cristina Ribeiro, Daniel Rodrigues, Elisa Granha Lira, Fernanda Flores, Rafael Souza, Rodrigo Calil, Sandra Márcia, Túlio Akar, Velma Pimenta

Cenário: Núcleo de Pesquisa em Cenografia 2017

Orientação: Thálita Motta

Pesquisadores:  Álisson Valentim, Fabiana Metzker, Pedro Henrique Guimarães Castro, Ricardo Destro Júnior, Raquel Elizabeth Byrro Oliveira, Mário Henrique da Silva Santos.

Figurinos: Núcleo de Pesquisa em Figurino 2017

Orientação: Thálita Motta

Pesquisadores: Mariana Marques dos Santos, Maria Elisabeth da Silva, Stella Nardelli, Cleide Veronica de Souza

Dramaturgia: Núcleo de Pesquisa em Dramaturgia 2017

Orientação: Vinícius Souza

Pesquisadores: Bruno Marini, Letícia Badaró, Lucas Lanza, Mari Posa, Raphael Juliano

 

Quarta, 13/12 – 20h

 

TEATRO 1 – turma 3: Ruído Branco

Nossa prática em sala foi orientada por experiências diversificadas em torno da descoberta dos elementos do movimento, de estudos sobre o espaço, da vontade de inter-relação.

O universo da música foi escolhido como estímulo de composição para o exercício cênico. Palavras-chave para a construção de uma atmosfera musical: tempo, ritmo, duração, repetição.

Professor: Leandro Acácio

Alunos: Alex Teixeira, André Augusto Deodato, Gisele Hostalácio, Joni Morais, Julia Castro, Laura Souza Lage, Paula Lana Braga de Castro, Rafhael Braga, Tim Marçal, Walisson Avelino, Wendell Guilherme

 

TEATRO 1 – turma 4: Bololô Cênico

O que é bololô? Bololô é confusão, aglomeração, concentração de pessoas. Para a mostra final da Turma 4 do Teatro 1, bololô é a mistura dos exercícios desenvolvidos durante o segundo semestre de 2017; a mistura das pessoas que formam esse coletivo; das vivências de cada um; e dos textos e discursos que cada um trouxe para a criação. Misturar até que criar ou caminhar sozinho se torne impossível!

Professora: Letícia Castilho

Alunos: Alexandre Arenales, Amanda Mota, Bárbara Oliveira, Giulliano Claro, Gustavo Pessoa, Isadora Reis, Jade Coelho, James Kennedy, Jamile Alves, Laura Couto, Paulo Diniz, Raphael Castro, Raquel Pacheco e Sadallo Andere.

 

TEATRO 3 – turma 1: Posso me sentar com você? (Texto inspirado na obra Alguém acaba de morrer lá fora – de Jô Bilac)

Experimentações, corpos e vozes ocupando espaços, gerando deslocamentos, partituras de ações físicas e verbais em atravessamentos.  Escuta, coletivo, pessoas disparando tensões a partir do toque, palavras e ações desenhadas no tempo-espaço buscando o fluxo, lugares e imprevisibilidades.

Escuta! Escuta! Você vem ou não vem? Perto onde? Escuta aqui, eu trago uma tempestade na cabeça e meu espírito está prestes a chover! Tá tudo dilatando e eu não suporto mais isso em mim, entende? Não tem mais espaço, não cabe mais! Eu não posso explodir com tudo isso!

Professora: Kelly Crifer

Alunos: Alexandre Junqueira, Anna Bicalho, Bianca Teixeira Crispim, Bruna Barreto, Carlos Augusto Nogueira, Clara Garavello, Diego Carlos Dávila, Diogo Nascimento, Gilka Fernandes Costa, Igor Viana, Luciana Froes, Nina, Raquel Alvim, Samuel Gomes Pereira, Thais Barros de Mesquita, Thâmara Gomes, Tratasedejose

 

TEATRO 4: O que você chama de costura eu chamo de remendo

“O mundo está absurdamente esquisito”

“Lágrima é dor derretida, dor endurecida é tumor”

“Como é bom ser um camaleão. Se o inimigo espreita, me finjo de pedra”

“Agora vem, Escuta o tambor e vem. Vem dançar com a minha escuridão”

O exercício cênico teve como ponto de partida a articulação de fragmentos de diferentes textos. Também mobilizamos imagens e partituras físicas construídas com o bastão ao longo deste semestre para contar pequenas histórias de amor, esperança e (des)ilusão. Essas histórias refletem as inquietações de cada um de nós. Apresentamos aqui nosso experimento: nossas costuras, nossos remendos.

Professor: Fábio Furtado

Alunos: Bel Loyola, Diogo David de Matos, Felipe Messias, Ieda Trindade, Iran de Oliveira Silva e Freitas, Nídia Ferreira, Lucas Marques, Luisa Almeida Souza, Luiz Gonçalves, Marcelle Montes, Maria Celia Bastos, Mariana Candido, Matheus Carneiro Martins, Pedro Pereira, Renan Vieira, Sandro Azevedo, Thiago Alfenas, Vanda Lourenço, Willana Andrade

 

MÓDULO CRIAÇÃO – ADULTOS: Surpresa!

 

Categoria: Notícia Capa, Notícias | Assuntos:

Cadastre-se em nossa newsletter

E-mail*

Entre em contato

Rua Pitangui, 3613, Bairro Horto
Belo Horizonte - MG - Brasil - CEP.: 31030-065

+55 31 3481-5580

contato@galpaocinehorto.com.br

Horário de Funcionamento

Segunda a sexta das 9h às 22h, sábado das 9h às 17h e domingo das 15h às 21h.
Bilheteria – Aberta sempre 2h antes das apresentações.
Centro de Pesquisa e Memória do Teatro (CPMT) - segunda a sexta das 14h às 19h

Como Chegar