Galpão Cine Horto leva um pedaço do teatro mineiro para a 14ª Quadrienal de Praga

O Firme Soldadinho de Chumbo
Livro interativo selecionado para a 14ª Quadrienal de Praga

A cada quatro anos, Praga reúne o melhor da produção internacional em espaço e desenho da performance, que contempla áreas de cenografia, figurino, iluminação, sonoplastia, visagismo e outras mídias e arquitetura teatral. Em 2019, a 14ª edição da Quadrienal de Praga (PQ2019), que ocorre de 6 a 16 de junho, vai contar com a participação do Galpão Cine Horto na comitiva brasileira, com um livro interativo que compila o trabalho de cenografia e figurino resultante da peça O Firme Soldadinho de Chumbo, fruto do Oficinão Galpão 2017.

O livro homônimo estará presente na Mostra dos Estudantes, parte da QP dedicada aos projetos de estudantes (de cursos livres e de níveis técnico, graduação e pós-graduação) das diversas áreas do campo do desenho da performance.

Organizado pelos cenógrafos e ex-alunos do Galpão Cine Horto, Lorena Vaccarini Ávila, André Brandão de Castro, Antônio Esteves do Nascimento Júnior, Daise Daiane Gomes Leal e Carolina Barbosa Manso, sob orientação da professora Camila Morena da Luz, o livro esteve em exposição no Rio de Janeiro, entre os dias 25 de outubro e 17 de novembro de 2018, como parte da seletiva brasileira. O trabalho foi eleito por uma equipe curatorial de artistas e professores, em conjunto com mais 25 projetos do Brasil para participar da Mostra dos Estudantes, sob os aspectos de sistematização e divulgação dos núcleos de ensino na área.

De acordo com André, a participação na quadrienal foi motivada pelo processo de registro e experimentação que ocorreu durante a construção da peça: “A ideia surgiu totalmente entrelaçada às pesquisas dos atores quanto à sonorização e manipulação de objetos cenográficos. Na criação do caderno, quisemos tornar palpáveis estas sensações através da utilização de diferentes materiais e texturas que estão presentes na peça”.

O livro, que atualmente tem uma cópia em exposição no CPMT, foi pensado para o evento: “O caderno foi especialmente criado para a Quadrienal de Praga para que o visitante, ao manipulá-lo, seja convidado a imergir no universo d’O Firme Soldadinho de Chumbo”, explica Lorena.

A equipe do Galpão Cine Horto contará com André Brandão, Lorena Vaccarini, Camila Morena da Luz e Chico Pelúcio, diretor do centro cultural.

Do palco para a página

O Firme Soldadinho de Chumbo foi uma criação do projeto Oficinão, que remonta à concepção do próprio Cine Horto. Em 2017, o Oficinão retornou de um hiato de dois anos com um caráter mais pedagógico. Os alunos experimentaram o funcionamento de um grupo de teatro, contribuindo com a criação artística e também se envolvendo nas outras áreas importantes em uma montagem.

Sob a direção de Simone Ordones, do Grupo Galpão, e dramaturgia de João Santos, O Firme Soldadinho de Chumbo apresenta a adaptação do conto do dinamarquês Hans Christian Andersen, no qual um soldadinho de chumbo se apaixona por uma bailarina de papel. O espetáculo propõe um exercício diferente de cenografia na medida em que inverte o papel do espectador, sendo apresentado em uma das arquibancadas do teatro, e que pede ao público que se movimente pelo espaço para acompanhar a saga do soldadinho.

Brasil em Praga

O grupo do Galpão Cine Horto irá acompanhado de mais dois projetos de Minas Gerais que também serão apresentados na Mostra dos Estudantes: A Cerimônia e Os Negros, de Laysla Silva Araujo Dias, Maria Laura de Vilhena Dias e Silva e André Sales Moreira de Almeida, orientados por Tereza Bruzzi de Carvalho e Cristiano Cezarino Rodrigues e Reflexos de um Corpespaço: um experimento arquitetônico dançante, com autoria de Branca Peixoto Vasconcelos, orientada por Cristiano Cezarino Rodrigues.

Além dos 25 projetos selecionados para a Mostra dos Estudantes, a delegação brasileira ainda conta com mais dez trabalhos em exposição na Quadrienal. A Mostra Países e Regiões PQ2019 apresenta a recente produção de designers da cena em cenografia, iluminação, sonoplastia, indumentária, videoinstalação, entre outros. Representando Minas Gerais, o artista cênico Daniel Ducato vai expor o trabalho Seja herói original, em desenho da performance.

No congresso PQ Talks, o mineiro Ed Andrade irá apresentar o trabalho “Sobre o papel e as funções de um dispositivo performativo: reflexões sobre a relação entre literatura e cenografia contemporânea”. A Quadrienal ainda prestará homenagem ao cenógrafo brasileiro Hélio Eichbauer, que faleceu em julho de 2018, na Mostra Fragmentos, dedicada à memória da cenografia.

Veja as fotos do livro na galeria abaixo

Cadastre-se em nossa newsletter

E-mail*

Entre em contato

Rua Pitangui, 3613, Bairro Horto
Belo Horizonte - MG - Brasil - CEP.: 31030-065

+55 31 3481-5580

contato@galpaocinehorto.com.br

Horário de Funcionamento

Segunda a sexta das 9h às 22h, sábado das 9h às 17h e domingo das 15h às 21h.
Bilheteria – Aberta sempre 2h antes das apresentações.
Centro de Pesquisa e Memória do Teatro (CPMT) - segunda a sexta das 14h às 19h

Como Chegar