Galpão Cine Horto e Centro Cultural SESIMINAS lançam parceria

Pro:Cria - Centro de Criação e Formação Centro Cultural SESIMINAS - Galpão Cine Horto
Pro:Cria - Centro de Criação e Formação Centro Cultural SESIMINAS - Galpão Cine Horto

Belo Horizonte ganha um novo laboratório criativo a partir da segunda quinzena de maio. Nascido de uma parceria  entre Galpão Cine Horto, o centro cultural do Grupo Galpão, e o Centro Cultural SESIMINAS, o Pro:Cria – Centro de Criação e Formação Centro Cultural SESIMINAS – Galpão Cine Horto, posiciona-se como uma incubadora de talentos, por meio da oferta continuada de oficinas, residências artísticas, workshops, incubadora de espetáculos e núcleos de pesquisa no campo das artes cênicas.

O Pro:Cria será lançado no sábado, dia 18 de maio, às 15h, com o debate “Fomento das Artes Cênicas Sob a Perspectiva de Continuidade, Pesquisa e Sustentabilidade”, com participação do diretor de teatro e ex-secretário de Cultura da Bahia, Marcio Meirelles, e do diretor de teatro e professor Fernando Mencarelli, atual diretor de cultura da UFMG.

Na abertura, duas exposições recuperam em imagens as duas décadas de existência do Galpão Cine Horto: “Cenas Curtas, 20 Anos” faz uma panorâmica pelo acervo de Guto Muniz, um dos maiores especialistas mineiros na fotografia de artes cênicas, que registrou todas as edições do festival –a mostra, digital, é uma prévia da exposição de fotos impressas prevista para o 20º Cenas Curtas, em setembro; “Galpão Cine Horto – Duas Décadas de Inquietações” oferece um passeio pelos principais marcos deste período, por meio de cartazes de espetáculos e eventos, com curadoria do Centro de Pesquisa e Memória do Teatro (CPMT) do Galpão Cine Horto.

A ampliação da parceria do Galpão Cine Horto com o busca fomentar a cena das artes cênicas de Belo Horizonte, oferecendo oportunidades para a criação de espetáculos, a reciclagem de profissionais e a formação de novos artistas, por meio de cursos, palestras, trocas, imersões e intercâmbios.

Para isso, o Pro:Cria desdobra suas ações em inúmeras atividades ao longo dos próximos meses. Abaixo, uma pincelada do que está previsto para 2019 até o momento.

DEBATE

Fomento das Artes Cênicas Sob a Perspectiva de Continuidade, Pesquisa e Sustentabilidade

Fernando Mencarelli
Professor Titular da UFMG e pesquisador do CNPq. Doutor e mestre pela Unicamp na área de História Social da Cultura, com trabalhos sobre a história do teatro brasileiro. Visiting Research Scholar no Graduate Center da City University of New York/CUNY (2017/2018). Pós-doutoramento em Teatro no Laboratório ARIAS/CNRS – Universidade Sorbonne Nouvelle/Paris III, França (2011/2012). Professor na graduação em Teatro e na pós-graduação em Artes da Escola de Belas Artes da UFMG. É Diretor de Ação Cultural da UFMG e consultor artístico associado do Centro Internacional de Teatro Ecum (SP).

Marcio Meirelles
Começa a fazer teatro universitário como atividade política em 1972. Cria o grupo Avelãz y Avestruz (1976) e o Bando de Teatro Olodum (1990). Em 1994 lidera a reforma do Teatro Vila Velha. Cavaleiro da Ordem do Mérito da Bahia, foi Secretário de Cultura do Estado da Bahia (2007/2010). Em 2011 reassume a direção do Vila Velha e, em 2013, cria a universidade LIVRE do teatro vila velha. Em 2018, presidente da Sociedade Teatro dos Novos, retoma as atividades artísticas da Cia Teatro dos Novos. Em 2019 recebe o título de Doutor Honoris Causa pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

Realização: 18 de maio, das 15h às 17h, no Centro Cultural SESIMINAS.

MOSTRAS

Cenas Curtas, 20 Anos
Prévia, em exibição digital, da exposição que o fotógrafo Guto Muniz prepara em torno dos 20 anos do Festival de Cenas Curtas, comemorados este ano. Abertura: 18 de maio, no Centro Cultural SESIMINAS.

Galpão Cine Horto – Duas Décadas de Inquietações
Mostra de cartazes dos principais projetos realizados pelo centro cultural do Grupo Galpão em suas duas décadas de existência. Abertura: 18 de maio, no Centro Cultural SESIMINAS

FORMAÇÃO

RESIDÊNCIA ARTÍSTICA

Improvisação, Ação, Sentidos, Composição | Coordenação: DududeA proposta é criar estímulos para a composição por meio da escuta sensível de cada acontecimento. Através de exercícios físicos ativados pelos sentidos, aquecendo o corpo e o espaço para sessões de improvisação, ampliar o entendimento de espaço, de lugar, de acontecimento, de ação, de dança, tendo como foco a ecologia humana, a prática do sensível e o conceito de “mais um no mundo”. Período: De 10 a 15 de junho (segunda a sexta, das 14h às 19h; sábado, manhã e tarde). Investimento:R$ 100,00 (por pessoa)

OFICINAS

Dança Enquanto Descoberta do Corpo | Coordenação: Bernardo Gondim
Jogos de espaço, percepção de velocidade, altura, equilíbrio, reconhecimento do eixo, do peso e do tônus são algumas das ferramentas utilizadas nesta oficina. O bailarino-criador estudante passará pela pesquisa do seu movimento e pela criação coletiva, apurando seu entendimento de corpo e descobrindo/aperfeiçoando sua linguagem cênico-corporal. Período: De agosto a novembro (quartas e sextas, das 9h30 às 11h). Investimento: R$ 150,00 (por mês).

TAC – Treinamento para Artistas Cênicos | Coordenação: Luciana Brandão
Resultado de pesquisa de mestrado desenvolvida entre 2016 a 2018 na UFMG, o projeto combina os métodos de treinamento de ator Viewpoints e Suzuki a estudos sobre Composição Visual. É destinado a artistas cênicos (teatro, circo, performance, dança) que desejam aprofundar no vocabulário compositivo de seus corpos entre o tempo e o espaço. Período: De agosto a novembro (duas vezes por semana, três horas por dia). Investimento: R$ 250,00 (por aluno, em caso de fazer os dois módulos) ou R$ 300,00 (só um módulo) + R$ 30,00 (material).

INCUBADORA

BH in SOLOS – Mostra de Espetáculos Cênicos Individuais
Criada em 2013 pelo ator, pesquisador corporal e iluminador Robson Vieira, a mostra chega à sua 5ª edição afirmando-se como lugar de criação e difusão. Nesta parceria com o Pro:Cria, propõe uma imersão de cinco meses, com coordenação compartilhada entre Vieira e Lenine Martins. O objetivo é montar até seis espetáculos. Previsão de início: segundo semestre.

Hoje
Ensaio do novo espetáculo do coletivo Os Conectores, em comemoração a seus dez anos de trajetória. Com referências do teatro, música, cinema e novas tecnologias, os artistas realizam intervenções urbanas, performances e espetáculos teatrais tendo como base o universo sócio-político. Imersão criativa: maio e junho. Previsão de estreia: julho, no Galpão Cine Horto.

Projeto Nastácia
Baseado na primeira parte do livro “O Idiota”, de Dostoiésviski, com adaptação de Pedro Bricio, direção de Miwa Yanagizawa e elenco com Flavia Pyramo e Odilon Esteves. Imersão criativa: maio a julho. Previsão de estreia: 8 de agosto, no CCBB.

NÚCLEOS DE PESQUISA

Criados para fortalecer o espaço de investigação teórico-prático em diversas áreas de conhecimento da criação cênica e artística e promover o intercâmbio entre artistas, estudantes e pesquisadores, os Núcleos de Pesquisa foram são coordenadas por profissionais experientes e respeitados em suas áreas de atuação. São quatro meses de duração, em encontros semanais de três horas cada. Os cortes temáticos propostos neste semestre são:

Cenografia | Coordenação: Branca Peixoto

Dramaturgia | Coordenação: Vinícius Souza

Figurino | Coordenação: Camila Morena da Luz

Iluminação | Coordenação: Rodrigo Marçal

Produção de Conteúdo Cultural – Jornalismo e Crítica | Coordenação: Carolina Braga

Inscrições: A partir de 18 de maio. Período de realização: De agosto a novembro.

CURSOS LIVRES

Com aulas para crianças, adolescentes e adultos, os Cursos Livres de Teatro do Galpão Cine Horto contam com a coordenação pedagógica de Lydia Del Picchia, tendo Fabio Furtado à frente da coordenação de cursos e oficinas. Próximas turmas: agosto a novembro.

Categoria: Notícias | Assuntos:

Cadastre-se em nossa newsletter

E-mail*

Entre em contato

Rua Pitangui, 3613, Bairro Horto
Belo Horizonte - MG - Brasil - CEP.: 31030-065

+55 31 3481-5580

contato@galpaocinehorto.com.br

Horário de Funcionamento

Segunda a sexta das 9h às 22h, sábado das 9h às 17h e domingo das 15h às 21h.
Bilheteria – Aberta sempre 2h antes das apresentações.
Centro de Pesquisa e Memória do Teatro (CPMT) - segunda a sexta das 14h às 19h

Como Chegar