Mostra Jogos de Afeto

Do dia 11 a 18 de setembro, o Galpão Cine Horto realiza a Mostra Jogos de Afeto, como fechamento do ciclo do projeto Jogos de Afeto.

Desde 2008, o Galpão Cine Horto oferece módulos específicos de seus Cursos Livres de Teatro para pessoas com mais de 50 anos. As oficinas Jogos de Afeto têm como objetivo sensibilizar e conscientizar os idosos de suas potencialidades físicas e mentais, por meio do conhecimento da estrutura e mecanismos do corpo humano, exercícios lúdicos e jogos teatrais.

Baixe o programa da Mostra Jogos de Afeto aqui (PDF).

Veja a programação da mostra:

SEGUNDA 11/11 | 15H
Local: Lar de Idosos Nossa Senhora da Saúde

QUINTA 14/11 | 14H30
Local: Instituto Geriátrico Afonso Pena – IGAP

SEXTA 15/11 | 10H
Local: Galpão Cine Horto
Turmas: Centro Cultural São Geraldo, CRAS Alto Vera Cruz, CRAS Granja de Freitas, CRPI – Centro de referência da Pessoa Idosa, Centro Cultural Salgado Filho

SEGUNDA 18/11 | 14H30
Local: Lar de Idosas Santa Tereza e Santa Terezinha

Cenas

A PALAVRA É…
(Lar de Idosos Nossa Senhora da Saude)

Um “café conversa”, um encontro para trocar afeto e carinho. Um jogo de palavras, associações e rimas. Um canto, uma música, uma dança… Talvez uma história inventada, tudo na hora, no momento porque o importante mesmo é olhar nos olhos e estarmos juntos.

Professora: Gláucia Vandeveld
Participantes: Beatriz Pessanha da Veiga, Edson Nunes Bicalho, Geralda Rodrigues dos Santos, Lindaura Tadeu, Maria de Jesus Ferreira (Lia), Maria Iracy de Alencar, Maria Luciana Vieira, Olívia Ribeiro e Rosângela Braga da Silva

 

O QUE É O QUE É?
(Lar de Idosas Santa Tereza e Santa Terezinha)

Um encontro afetivo para rememorar alguns exercícios e dinâmicas que foram experimentados durante as aulas do projeto.

Este será um momento de confraternização, abraços, risadas e descontração. Alguns trabalhos manuais realizados pelas alunas também estarão expostos no espaço. O encontro é o fechamento de um ciclo de vivências que buscaram estimular a  expressão artística, a consciência corporal e a convivência harmônica entre a turma.

Professora: Camila Morena da Luz
Participantes: Alzira Bonfim, Amélia Mili de Barros, Cleide Pfeiffer, Dagma Maria do Prado, Eunice de Paula, Isabel de Oliveira Corrêa, Juraci Augusta da Cruz, Juraci Fernandes, Lucia Correa Ferreira, Maria de Fátima Passos, Maria Isabel Nunes, Paulina Helena Souza

 

A CADA CONTO QUE SE CONTA É UM DIA A MAIS QUE DESPONTA
(Instituto Geriatrico Afonso Pena IGAP)

Inspirada pelo conto As Mil e Uma Noites, a turma do IGAP compartilhará com familiares e amigos convidados, uma costura livre de poemas, cantigas e memórias que serão anunciadas por nossa Sherazade/narradora, de forma bem espontânea e sem pretensões, num encontro festivo e alegre.

Professora: Letícia Castilho
Participantes: Heloisa Helena M. Campos, Luciana Maria X. de Oliveira, Maria da Conceição Carvalho, Maria de Lourdes Ferreira Leão, Sebastiana Cândida Vilela (Tiana), Silvana Rossi Lima, Aguida Maria das Dores, Efigênia de Jesus Basílio, Ernestina G. Fernandes, Izabel das Dores de Jesus, Jovina Bernardo da Costa, Maria Altina Ferreira, Natalino B. de Souza, José F. de Brito (violão)

 

O DESTINO DESFOLHOU?
(Centro Cultural Sao Geraldo)

Durante todo o processo da oficina falamos do OLHAR. Um olhar que não somente vê, mas observa, questiona, reflete, atravessa. Um olhar sobre nosso passado, lembranças e fatos marcantes da vida. Um olhar no futuro, que prevê novas alegrias e, principalmente, um olhar no presente: que estabelece relações verdadeiras. O Destino Desfolhou? fala desse olhar, do olhar para si mesmo. Como nos vemos? Como as pessoas nos veem?

Construímos esse exercício a partir da pesquisa feita durante este ano: dinâmicas e partituras corporais em relação ao espaço, à voz, aos objetos, ao tempo e em relação ao outro.

Entendemos que nascimento, velhice e morte são transformações significativas que requerem um novo ordenamento mental e uma nova consciência de si. Um novo olhar. Atento. Corajoso. E pretendemos nos olhar sempre, com admiração.

Professor: Fábio Furtado
Participantes: Aparecida M. Gonçalves, Bernadete Von Ruckert Helena, Cleuza Margarida B. Maia, Dalva do Espirito Santo Moreira, Edna Maria da Silva, Irene F. R. da Costa, Leda P. Felipe, Lucia G. dos Santos, Maria Antonia Rezende, Maria Aparecida B. Faria, Marlene C. Araújo, Mary Celia L. Mendes, Nair D. Fonseca e Vera B. da Silva

 

DO ÔNIBUS AO TREM: QUANDO AS MULHERES SE REÚNEM AS COISAS ACONTECEM!
(CRAS Alto Vera Cruz)

Jogo. A descoberta do fazer teatral. Corpo e articulações. Postura. Expressividade. Minha espacialidade. Como ocupo o espaço. Do outro. Conhecendo o outro, conhecemos melhor a nós mesmos desafiando nossos limites com autoconfiança.

Ocupar os espaços vazios. Aproximar, recuar, puxar, soltar, prender, abraçar, sentar, sorrir, acenar, bocejar, cantar, ser! Brincar! Brincamos juntas todas as quintas pela manhã! Porque quando as mulheres se reúnem as coisas acontecem! Aos poucos fomos levando um pouco de nossa vida para a sala de teatro e resolvemos falar do nosso dia a dia no ônibus e as proezas boas e ruins pelas quais passamos, afinal de contas, nossos direitos como idosas são ou não são respeitados? Falando sério e brincando, brincando e falando sério!

Professora: Kelly Crifer
Participantes: Geni Maria da Silva, Elvira de S. Faria, Ana Rosa da Silva, Descília N. de Morais, Maria N. Carlos, Ângela Maria Silveira, Vânia Camargos, Maria Auxiliadora Girino, Maria do Rosário Ferreira, Maria das Graças Damasceno, Carmita Bibiana da Silva, Aparecida Maria do Carmo, Mônica Raimundo L. de Carvalho

 

HOJE É DIA DE FESTA!
(CRAS Granja de Freitas)

Nesse ano tivemos a oportunidade de nos encontrarmos através da oficina de teatro. Cada encontro foi uma festa regada a bolo de fubá, pudins, presentes e muito teatro. Esses encontros nos fortaleceram, nos fizeram refletir sobre a importância da troca e da presença. Por isso, para finalizar o ano, vamos compartilhar alguns exercícios vivenciados na oficina e um pouco da nossa festa!

Professora: Juliana Martins
Participantes: Baltazar Ezequiel, Deusamira Ferreira Ezequiel, Luiza Marilac da Silva, Terezinha, Vanda Maria da Costa Torres

 

EU VI?
(CRPI Centro de Referencia da Pessoa Idosa)

Eu vi gestos, poemas, palavras amorosas, notícias de jornal. Eu vi memórias, crianças, jogos, brincadeiras, afeto. Eu vi um Brasil que deu certo porque aqui eu me vi.

Professor: Leandro Geraldo da Silva Acácio
Participantes: Bruna Maria da Conceição Abreu, Coleta Maria Ribeiro Lütkenhaus, Maria Izabel Loureiro, Maria Ymaculada Reis Sol , Maria da Glória Emediato, Margareth Luz, Maria da Paz, Miqueias Stefani, Rita Zulmira Falzoni Alves, Lídia dos Reis Sol, Eduardo Gomes, João Evangelista, Rita de Cássia Nascimento, Geralda Angelina, Kaio Ricardo

CHICAS DE CHICO
(Centro Cultural Salgado Filho)

Nosso exercício é uma homenagem ao músico e poeta Chico Buarque de Holanda, agraciado com o Prêmio Camões, um dos prêmios mais importantes da literatura de língua portuguesa. Admiramos como o cantor consegue extrair da realidade o que há de mais simples e rebuscado.

Um dos maiores nomes da MPB, Chico conseguiu sucesso também como dramaturgo e escritor, e merece destaque o trabalho raro com a figura do feminino em suas canções, nas quais a mulher tem voz e vibra na dramaticidade por meio da linguagem poética.

Deixamos que suas letras nos embalassem e guiassem nossos movimentos e pensamentos, através do seu olhar poético para as questões políticas e sociais do país e do mundo, mas também através de seu olhar artístico para o cotidiano.

Professor: Fábio Furtado
Participantes: Ana Rosa dos Santos Vaz , Aparecida de Souza, Cecília Mariano de Matos, Eliana A. Avelar, Maria Cleuza Neves, Maria de Lourdes C. Neves, Maria de Lourdes Ribeiro, Maria Celeste Severo, Neide Lourdes de Assis, Stephania P. Costa, Therezinha Aparecida dos Santos, Vanessa de A. Aguiar e Victoria Faria

 

Endereços

Instituto Geriátrico Afonso Pena – IGAP
Rua Domingos Vieira, 586 – Santa Efigênia

Lar Idosos Nossa Senhora da Saúde
Rua Potomaio, 427 – São Geraldo

Lar Idosas Santa Tereza e Santa Terezinha
Rua Divinópolis, 225 – Santa Tereza

Galpão Cine Horto
Rua Pitangui, 3613 – Horto

Data: 15 de novembro no Galpão Cine Horto
Horário: 10h
Ingresso: Gratuito
Classificação: Livre
Categoria: | Assuntos:

Cadastre-se em nossa newsletter

E-mail*

Entre em contato

Rua Pitangui, 3613, Bairro Horto
Belo Horizonte - MG - Brasil - CEP.: 31030-065

+55 31 3481-5580

contato@galpaocinehorto.com.br

Horário de Funcionamento

Segunda a sexta das 9h às 22h, sábado das 9h às 17h e domingo das 15h às 21h.
Bilheteria – Aberta sempre 2h antes das apresentações.
Centro de Pesquisa e Memória do Teatro (CPMT) - segunda a sexta das 14h às 19h

Como Chegar