Grupo Mayombe encena A Mulher que Andava em Círculos

Ela andava em círculos. Ela era o próprio círculo em que andava. Andou tanto que perdeu a noção se ia ou se voltava. Uma mulher que anda meio esquecida passa por sessões de lembrança para recuperar pedaços de seu trajeto.

Este trabalho traz para o palco a memória coletiva e a estética dos prospectos do teatro político na América Latina. O monólogo conduz o espectador para ambiências políticas, afetivas e existenciais da protagonista, de onde surgirão questionamentos que serão desenhados no conflito entre a memória e o esquecimento.

Com esta montagem, o Mayombe ratifica sua trajetória cênica, agora partindo da memória individual (perdida) para a coletiva que sofre processos semelhantes, promovendo assim o percurso inverso de quando o tempo deixa de ser uma filosofia e passa a evidenciar sua contagem regressiva no próprio corpo. Uma reflexão sobre o tempo, as utopias e as coisas que vão ficando pelo caminho.

FICHA TÉCNICA

Direção: Sara Rojo

Atuação: Marina Viana

Texto: Éder Rodrigues (com intervenções de Marina Viana)

Assistência de direção, expressão corporal, figurino e adereço: Fabrício Trindade

Iluminação: Marina Artuzzi

Produção: Mayombe Grupo de Teatro

Coordenação administrativa: Marcos Alexandre

Assessoria de imprensa do espetáculo: Felipe Cordeiro

Realização: Mayombe Grupo de Teatro

Data: 8 a 10 de junho
Horário: Sex e sáb 20h; dom, 19h
Ingresso: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)
Classificação: 16 anos
Categoria: | Assuntos:

Cadastre-se em nossa newsletter

E-mail*

Entre em contato

Rua Pitangui, 3613, Bairro Horto
Belo Horizonte - MG - Brasil - CEP.: 31030-065

+55 31 3481-5580

contato@galpaocinehorto.com.br

Horário de Funcionamento

Segunda a sexta das 9h às 22h, sábado das 9h às 17h e domingo das 15h às 21h.
Bilheteria – Aberta sempre 2h antes das apresentações.
Centro de Pesquisa e Memória do Teatro (CPMT) - segunda a sexta das 14h às 19h

Como Chegar