Academia de Palhaços se apresenta gratuitamente no Galpão Cine Horto

Foto: Dalton Yatabe

Nos dias 16 e 17 de agosto, o Teatro Wanda Fernandes recebe a Academia de Palhaços para o espetáculo Adeus, Palhaços Mortos.

A peça é baseada na obra do romeno Matei Visniec, com direção e adaptação assinadas por José Roberto Jardim; além das apresentações, o grupo oferecerá atividades formativas, como palestra e oficinas gratuitas na cidade. O espetáculo foi escolhido como um dos melhores do ano de seu lançamento pelo Guia d’O Estado de São Paulo; recebeu o prêmio Shell de Melhor Cenário; o Prêmio Aplauso Brasil de Melhor Espetáculo de Grupo e; o prêmio de Melhor Direção pela Associação dos Produtores de Teatro do Rio de Janeiro (Prêmio APTR).

Adeus, Palhaços Mortos é uma peça contemporânea e provocativa que aborda o próprio fazer artístico, o exercício infinito de reflexão sobre a resiliência do artista, a urgência da Arte e a sacralidade do ofício. Com uma história própria de superação, após terem perdido todos os materiais e equipamentos cênicos em um incêndio em 2015, a Academia dos Palhaços escolheu, não por acaso, trabalhar com esse tema. A peça marca a consolidação da parceria artística entre a companhia “Academia de Palhaços” e o diretor José Roberto Jardim, que já trabalharam juntos em diversas ocasiões e configurações, mas que pela primeira vez se encaram como elenco e diretor.

Academia de Palhaços (ADP)

Criada em 2007 a companhia pesquisou intensamente o palhaço de picadeiro brasileiro, as máscaras do ator popular e o circo-teatro. Marcando o final dessa primeira fase de existência do grupo foi realizado o projeto “O Maravilhoso Teatro Ambulante da Academia de Palhaços”: uma kombi palco que circulou pela cidade com cinco espetáculos baseados na tradição circense, todos com direção de Fernando Neves e direção de arte da ADP. 
Em 2016 inicia-se uma nova fase da ADP que deu origem ao espetáculo “Adeus, Palhaços Mortos”. Em 2017 a
ADP foi contemplada pelo Programa Petrobras Distribuidora de Cultura, uma seleção pública que tem como objetivo contemplar projetos de circulação de espetáculos teatrais não inéditos, em parceria com o Governo Federal. No último edital foram investidos R$ 15 milhões. Ao todo, foram escolhidos 57 espetáculos, representantes de todas as regiões do País, com apresentações em todos os estados. Em 2019 o espetáculo “Adeus, Palhaços Mortos” viajará
para Campinas, Belo Horizonte e Florianópolis para realizar apresentações e ações formativas.

Sinopse

Três grandes artistas circenses do passado acidentalmente se reencontram, depois de muitos anos, na antessala de uma agência de empregos. Eles sabem que só um será escolhido e que suas memórias, segredos, pequenezas e vilanias serão expostos. A sala de espera desse teste de casting, que nunca acontece, se revela um não-lugar onde estas três figuras se veem condenadas a rever suas escolhas éticas e estéticas, num exercício infinito de reflexão sobre a resiliência do artista, a urgência da arte e a sacralidade do ofício.

Ficha Técnica

Texto Original: Matei Vişniec
Direção e Adaptação: José Roberto Jardim
Elenco: Laíza Dantas, Paula Hemsi e Maurício Schneider
Direção Musical: Tiago de Mello
Músico ao Vivo: Murilo Gil
Cenografia e Vídeo-Instalação: BijaRi
Figurino: Lino Villaventura
Visagismo: Leopoldo Pacheco
Iluminação: Paula Hemsi e José Roberto Jardim
Design de Sistema de Operação: Laíza Dantas
Produção Executiva: Tetembua Dandara
Coordenadora Administrativa : Camila Alves
Coordenação de Produção: ADP e Ultravioleta_s
Fotografia: Victor Iemini

A peça terá audiodescrição e intérprete de Libras.

 

Atividades Formativas | Gratuitas

Inscrições: sympla.com.br/adeuspalhacos

Bate-papo

Data: 16 e 17 de agosto
Hora: após o espetáculo

Palestra: A Obra de Matei Visniec na Dramaturgia Contemporânea

Ministrante: José Roberto Jardim (diretor do espetáculo Adeus, Palhaços Mortos)
Data : 17 de agosto
Hora: 11h
Duração: 120 minutos

Oficina de vídeo – cenografia

Ministrante: integrantes da Academia de Palhaços
Público alvo: estudantes, professores, entusiastas da tecnologia e das artes cênicas, atores,
iluminadores, vídeo-makers, artistas e interessados em arte-tecnologia em geral.
Data : 17 de agosto
Hora: 13h30

Oficina de Interpretação

Ministrante: integrantes da Academia de Palhaços
Data: 18 de agosto
Hora: 9h

Encontro: Cia Academia de Palhaços e grupos de teatro locais
Tema: Gestão Cultural Criativa
Data : 18 de Agosto
Hora: 15h

Os ingressos são gratuitos e a retirada pode ser feita na bilheteria, 1h antes do evento, ou antecipadamente pelo Sympla. 

Data: 16 e 17 de agosto
Horário: Sex e Sáb às 20h
Ingresso: Gratuito (retirada antecipada pelo Sympla)
Classificação: 12 anos
Categoria: | Assuntos:

Cadastre-se em nossa newsletter

E-mail*

Entre em contato

Rua Pitangui, 3613, Bairro Horto
Belo Horizonte - MG - Brasil - CEP.: 31030-065

+55 31 3481-5580

contato@galpaocinehorto.com.br

Horário de Funcionamento

Segunda a sexta das 9h às 22h, sábado das 9h às 17h e domingo das 15h às 21h.
Bilheteria – Aberta sempre 2h antes das apresentações.
Centro de Pesquisa e Memória do Teatro (CPMT) - segunda a sexta das 14h às 19h

Como Chegar