Equipe Pedagógica

Coordenação pedagógica

Lydia Del Picchia: Atriz, bailarina, coreógrafa e diretora. Formada pelo extinto Trans-Forma – Centro de Dança Contemporânea, participou de diversos grupos de dança, tais como o Trans-Forma, Cia. de Dança do Palácio das Artes e 1º Ato. Atriz do Grupo Galpão desde 1994 é também Coordenadora Pedagógica do Galpão Cine Horto desde 2004.

Coordenação dos cursos e oficinas

Fábio Furtado: Ator, diretor, preparador corporal e arte educador. Formado pelo Teatro Universitário da UFMG, foi fundador e integrante da Cia. Acômica de 1995 a 2009. No Galpão Cine Horto, exerce a função de Coordenador dos Cursos e Oficinas e Coordenador dos Projetos Especiais.

 

PROFESSORES

 

Camila Morena: Atriz, figurinista e bacharel em Interpretação Teatral pela Universidade de Brasília (2006). Foi uma das fundadoras da “Cia B de Teatro”, com a qual atuou e produziu (de 2005 a 2008) o espetáculo “Páginas Amarelas”, montagem premiada em diversos festivais no Brasil e apresentada na 9ª Mostra de Teatro de Santo André em Portugal. Já trabalhou com diretores renomados como Chico Pelúcio, Hugo Rodas e Paulinho Polika. Como assistente de direção participou do espetáculo “Havia” (2011) e dirigiu a cena curta “Gravidades” (2012). Ministrou a oficina “Corpo e Teatralidade” em Santiago (Chile) e em Ouro Preto (MG) em parceria com a atriz e diretora Kenia Dias. É professora dos Cursos Livres do Galpão Cine Horto desde 2011 e ministrou os Módulos de Criação de que resultaram nas montagens “Quanto Custa o Ferro?” e “Desorientações para a Vida Cotidiana”.

Fábio Furtado: Ator, diretor, preparador corporal e arte educador. Formado pelo Teatro Universitário da UFMG, foi fundador e integrante da Cia. Acômica de 1995 a 2009. No Galpão Cine Horto, exerce a função de Coordenador dos Cursos e Oficinas e Coordenador dos Projetos Especiais.

Glaucia Vandeveld: Atriz, formada pela Escola de Arte Dramática da ECA/USP, com especialização em Arte-Educação pela Fundação Cóvis Salgado, Palácio das Artes. Foi professora de Artes Cênicas no I.A.C. – Instituto de Arte e Cultura De Ouro Preto e no Centro de Cultura Nansen Araújo – Sesiminas/BH. Integra o Núcleo Pedagógico do Galpão Cine Horto, onde coordena o Núcleo de Pesquisa em Teatro para Educadores. Como atriz convidada, integra o elenco do “Congresso Internacional do Medo” do Grupo Espanca, sob a direção de Grace Passô. É colaboradora do FETO/BH- Festival Estudantil de Teatro. Atriz pesquisadora do Coletivo Paisagens Poéticas, onde atua no espetáculo “A Noite Devora seus Filhos”.

Juliana Martins: Atriz e arte educadora. Formada pelo CEFAR – Palácio das Artes e graduada em Licenciatura em Educação Músical pela Escola de Música da UEMG. Foi coordenadora dos Cursos Livres de Teatro do Galpão Cine Horto  onde leciona há 10 anos. Atualmente, é integrante da Cia. Absurda e atua no espetáculo “Migrações de Tennessee ” com direção de Eid Ribeiro.

Kelly Crifer: Atriz, arte educadora e diretora. Bacharel em Interpretação Teatral (2004) e licenciatura em Teatro (2006) pelo curso de Artes Cênicas da UFMG. Atriz do Grupo Teatro Invertido desde 2006. Idealizadora do projeto “Arte e Educação na periferia” , desenvolve um trabalho de iniciação ao teatro  com crianças e adolescentes no Programa CIAME Flamengo, bairro Alto Vera Cruz, desde 2007. É professora do Galpão Cine Horto há um ano.

Leandro Acácio: Ator e preparador corporal. Mestre em Artes/Teatro pela Universidade Federal de Minas Gerais/UFMG (2011) com ênfase em performatividade, teatralidade e teatro performativo. Graduado em Licenciatura em Educação Artística/Música na Universidade Estadual de Minas Gerais/ESMU – UEMG. Integrou o Grupo Oficcina Multimédia, dirigido por Ione de Medeiros de 1997 a 2007. Desde 2010 é pesquisador do Obscena – Agrupamento Independente de Pesquisa Cênica (BH/MG). Possui trajetória no ensino em artes em instituições públicas, privadas e projetos socioculturais. Professor do Galpão Cine Horto há dois anos.

Letícia Castilho: Letícia Castilho é atriz, diretora e professora licenciada em Artes Cênicas pela Universidade Federal de Minas Gerais onde, posteriormente, atuou como professora substituta de atuação do curso de graduação em teatro da EBA/UFMG. Atualmente coordena os cursos de Iniciação Teatral e Técnico em Arte Dramática, como chefe do departamento de teatro do Centro de Formação Artística e Tecnológica da Fundação Clóvis Salgado – Cefart/Palácio das Artes e é professora designada de arte (interpretação e improvisação) nesta mesma instituição.

Cristiano Peixoto: Cristiano Peixoto é ator e diretor. É mestre em teatro pela UFMG e foi professor de interpretação e expressão vocal no CEFART / Palácio das Artes. Estudou com Maud Robards (Haiti), James Slowiak (EUA), Francois Khan (França), Fernando Montes (Colômbia); Integrou os grupos “Laboratório Permanente de Ricerca sull’arte dell’attore” (Italia) e “Studium Teatralne” (Polônia) com o qual atuou no espetáculo “Czlowiek”. É co-fundador do Grupo Teatro Pontífex tendo atuado nos espetáculo Caim e Abel, Moby Dick e Zênite. Dirigiu o show musical “!Evoé – música para ser vista” e fez a assistência de direção da ópera “A Menina das Nuvens” de Heitor Villa Lobos e regência de Roberto Duarte. Foi Coordenador de Eventos Especiais e Atividades Formativas do FIT-BH 2012. Dirigiu o espetáculo “Adeusàmorte” – uma adaptação do livro Intermitências da Morte de José Saramago. Atualmente, atua no espetáculo “Migrações de Tennessee” com direção de Eid Ribeiro.

Chico Pelúcio: Nascido em 1959, viveu até os 16 anos em Baependi, interior de Minas Gerais. Em 1975, veio para Belo Horizonte. Ingressou no curso de Administração e, junto com Eduardo Moreira e sob direção de João Machado Gontijo, atuou em “Murro em ponta de faca”, no curso de comunicação da PUC. Em 1981, ainda sob a liderança de João Machado e junto a muitos parceiros, participou da criação da Associação Galpão, que posteriormente foi usada para criação do Grupo Galpão. Em 1983, depois de formado mudou-se para Londres. Lá fez curso de clown e junto com o amigo inglês Rick Vick apresentou-se nas ruas da França, Bélgica e Inglaterra. Em 1984, Chico retorna ao Brasil e faz uma substituição de emergência em “E a Noiva Não Quer Casar”, do Galpão. Um ano mais tarde cria o projeto “Lápis de Cena”, levando milhares de crianças para assistir ao espetáculo “De Olhos Fechados”. Esses dois encontros com a trupe serão definitivo na trajetória do artista que desenvolveu habilidades como ator, diretor (espetáculo “Um Trem Chamado Desejo”), gestor/produtor, iluminador, acumulando prêmios. Além do Galpão, Pelúcio dirigiu diversas companhias, entre elas, Cia Burlantins, Circo Roda de SP, Camaleão Grupo de Dança e vários espetáculos do Oficinão, projeto do centro cultural Galpão Cine Horto. Chico também atuou na área de produção e gestão cultural em edições dos Festivais Internacionais de Teatro de Rua (FIT-BH). Depois de concluir o curso de especialização em cinema no IEC PUC Minas, Pelúcio dirigiu dois documentários e atuou em diversos filmes. Em 2005 e 2006, esteve à frente da presidência da Fundação Clóvis Salgado, do Palácio das Artes. É coordenador geral do Galpão Cine Horto desde 1998, ano de sua fundação.

Júlio Maciel: Júlio Maciel nasceu em Belo Horizonte, em 12 de janeiro de 1967. Formou-se como ator no curso técnico do Teatro Universitário da Universidade Federal de Minas Gerais, em 1989. Integrante do Grupo  Galpão desde 1990, participou como ator das  montagens de: “Álbum de Família”, “Romeu e Julieta”, ”A Rua da Amargura”, ”Um Molière Imaginário”, ”Um Homem É Um Homem”, ”Pequenos Milagres”, ”Eclipse”, ”Os Gigantes da Montanha”, “De Tempo Somos “ e “Nós”. Em 2009, assinou pela primeira vez a direção de uma montagem do Galpão, “Till, a Saga de Um Herói Torto”, espetáculo de rua, com texto de Luis Alberto de Abreu. Coordenou o projeto “Oficinão”, do Galpão Cine Horto, em 1999, 2001 e 2003, onde dirigiu os espetáculos: “Caixa Postal 1500”, “Cães de Palha”, “A Vida é Sonho”, “In Memorian” Assinou a dramaturgia do espetáculo “Papo de Anjo”, do projeto “Cine Horto Pé na Rua”. Durante os últimos vinte anos dirigiu e ministrou oficinas em vários estados, principalmente em Minas Gerais.

 

 

Entre em contato

Rua Pitangui, 3613, Bairro Horto
Belo Horizonte - MG - Brasil - CEP.: 31030-065

+55 31 3481-5580

contato@galpaocinehorto.com.br

Horário de Funcionamento

Segunda a sexta das 9h às 22h, sábado das 9h às 17h e domingo das 15h às 21h.
Bilheteria – Aberta sempre 2h antes das apresentações.
Centro de Pesquisa e Memória do Teatro (CPMT) - segunda a sexta das 14h às 19h

Como Chegar