Grupo Ponto de Partida – Barbacena/MG

Região: Vertentes

Endereço sede: Rua Amilcar Savassi, 350 – Campo

E-mail: contato@grupopontodepartida.com.br

Site: http://www.grupopontodepartida.com.br

Facebook: https://www.facebook.com/grupopontodepartida/

Fundação do grupo: 1980

 

Apresentação do grupo:

O grupo Ponto de Partida foi fundado em 1980 por artistas de Barbacena. Primeiro como produtora cultural e depois como grupo de teatro, tornou-se uma companhia de repertório com 20 profissionais em exercício permanente. O Ponto de Partida criou e sistematizou métodos e processos de produção e criação e desenvolveu uma linguagem própria em seus 34 espetáculos. Nestes anos, a companhia trabalhou com figuras referenciais da cultura brasileira como Milton Nascimento, Fernanda Montenegro, Sérgio Britto, Paulo Gracindo, Jorge Amado, Manoel de Barros, Álvaro Apocalypse, Adélia Prado, Bartolomeu Campos de Queirós, Dori Caymmi e outros. Fiel às suas origens de movimento cultural, atualmente o Ponto de Partida é responsável direto pela formação ou o trabalho de 323 pessoas que se dividem e se somam em suas diversas atividades e projetos, como a Bituca: Universidade de Música Popular e os Meninos de Araçuaí.

 

Data de fundação da sede visitada: 2014

 

Apresentação do local:

 Em 2014, o grupo começou a implantação da Estação Ponto de Partida, no conjunto arquitetônico que abrigou a Sericícola, segunda fábrica de seda do Brasil, fundada em 1912. Em 1998, o Ponto de Partida assumiu o primeiro casarão como sede de suas criações teatrais e, aos poucos, se tornou guardião desse patrimônio. Hoje, o complexo se encontra completamente restaurado, sendo o centro de formação e produção cultural do grupo. O projeto de restauração foi conduzido pelos arquitetos Alexandre Rousset, Luciana Araújo e Tereza Bruzzi. Compõem a Estação Ponto de Partida: a Casa do Ponto, a Bituca – Universidade de Música Popular, a Casa Palavra e diversos jardins e áreas verdes.

Fotos: Bárbara Ribeiro e Tiago Carneiro

 

Acervo encontrado:

 O Ponto de Partida possui rico acervo cultural que vai além do material do grupo. A própria sede constitui um conjunto arquitetônico de grande importância histórica para o país e se encontra totalmente preservado. Nos seus quatro casarões, são encontrados objetos e mobiliário antigo, quadros, objetos cênicos e cenográficos, documentos e arquivos. Um dos prédios abriga uma sala de exposições que, no momento da visita deste projeto, exibia a série de retratos de Bob Wolfenson. Na Bituca – Universidade de Música Popular se destacam os diversos instrumentos musicais, partituras e um estúdio de gravação. Na sede administrativa do grupo estão reunidos os principais documentos e registros de acervo da história do grupo como fotos, vídeos, material gráfico, figurinos, adereços e objetos cênicos. Existe uma catalogação razoável do acervo que atende às demandas do grupo. No sobrado que abriga a Casa Palavra e um café, são uma biblioteca catalogada e uma coleção de móveis, prataria e objetos antigos, em sua maioria doados pelos habitantes de Barbacena que já consideram a Estação Ponto de Partida uma referência de preservação da memória da cidade. As dramaturgias e os textos dos 34 espetáculos não estão impressos e os mais antigos podem ter se perdido, sendo necessária uma busca entre os primeiros integrantes do grupo. Grande quantidade de fotos e vídeos ainda está dispersa nas casas dos integrantes e necessita ser reunida, organizada e catalogada. O registro dos últimos 10 anos do grupo está bem organizado e digitalizado. Com 37 anos, o Ponto de Partida ainda não possui um livro ou documentário sobre a história do grupo, o que poderia ser um bom projeto para os 40 anos.

A visita do projeto ocorreu entre os dias 17 e 20/04/2017. Foram realizadas entrevistas em vídeo com os integrantes Regina Bertola, Pablo Bertola, Karine Montenegro, Fátima Jorge, Ronaldo Pereira e Soraia Moraes.

Cadastre-se em nossa newsletter

E-mail*

Entre em contato

Rua Pitangui, 3613, Bairro Horto
Belo Horizonte - MG - Brasil - CEP.: 31030-065

+55 31 3481-5580

contato@galpaocinehorto.com.br

Horário de Funcionamento

Segunda a sexta das 9h às 22h, sábado das 9h às 17h e domingo das 15h às 21h.
Bilheteria – Aberta sempre 2h antes das apresentações.
Centro de Pesquisa e Memória do Teatro (CPMT) - segunda a sexta das 14h às 19h

Como Chegar