Selecionados para estágio voluntário no Oficinão Escola 2017

O Galpão Cine Horto convida seus ex-alunos dos Núcleos de Pesquisa a participarem de estágio voluntário no processo de criação do Oficinão Escola 2017. Poderão participar alunos dos anos anteriores dos Núcleos de Pesquisa em Cenário, Figurino e Iluminação. Os selecionados irão aprofundar sua pesquisa em um projeto prático sob orientação de profissionais da área no processo de montagem do Oficinão Escola. O espetáculo terá a direção de Simone Ordones e Dramaturgia de João Santos, além de uma equipe de profissionais de renome nacional.

 

 

::: Inscreva-se até 23de março em: https://goo.gl/aATrQ0 :::

 

SOBRE O ESTÁGIO

Período: de abril a julho de 2017 (em dois dias da semana a serem confirmados com o tutor)

Carga horária semanal: 8h

Horário: 9h às 13h (eventualmente à tarde)

*Nos dias 28 e 29/03 o estágio será nos períodos da manhã e da tarde com as tutoras de Cenário e Figurino

 

Cenário e Figurino

Tutor: Luciana Buarque e Camila Morena

Vagas: 6 (seis) estagiários

 

Iluminação

Tutor: Rodrigo Maçal

Vagas: 3 (três) estagiários

 

SOBRE O OFICINÃO ESCOLA 2017

A proposta do Oficinão Escola 2017 é criar uma experiência prática e coletiva de montagem de um espetáculo teatral. Ponto forte do projeto, a equipe técnica do Oficinão Escola 2017 agrega profissionais de renome em suas áreas. A direção ficará a cargo de Simone Ordones, atriz e diretora integrante do Grupo Galpão. A assistência de direção fica por conta de Mariana Maioline e a dramaturgia sob as mãos de João Santos e Raysner de Paula. Também fazem parte do time artístico Luciana Buarque (Direção de Arte), Gláucia Valdeveld (Preparação Corporal), Amanda Prates (Preparação Vocal), Rodrigo Marçal (Iluminação) e Romulo Avelar (Aulas de Produção).

SOBRE OS NÚCLEOS DE PESQUISA

Os Núcleos de Pesquisa do Galpão Cine Horto foram criados em 2009 para fortalecer o espaço de investigação teórico-prático em diversas áreas de conhecimento da criação cênica e da cultura, fomentando o intercâmbio entre artistas, estudantes e pesquisadores. Coordenados por profissionais que atuam no mercado cultural, os Núcleos de Pesquisa acontecem em períodos e formatos distintos, de acordo com as especificidades de seu conteúdo.

 

CURRÍCULOS DOS TUTORES

LUCIANA BUARQUE é uma premiada figurinista de TV, teatro, cinema, shows. Formada em História, iniciou sua carreira no teatro com “Romeu e Julieta”, do grupo Galpão, dirigido por Gabriel Villela. Na TV fez Uma mulher vestida de sol, Hoje é Dia de Maria I e II, e A Pedra do Reino, entre outros projetos com Luiz Fernando Carvalho. No cinema fez O Mandarim, de Julio Bressane; Tiêta do Agreste, de Cacá Diegues; Nosso lar, de Wagner Assis; Meu Pé de Laranja Lima, de Marcos Bernstein; Cine Holliúdy II, de Halder Gomes; Pixinguinha, Um Homem Carinhoso, de Denise Saraceni. Teve seu trabalho na Mostra Brasileira da Quadrienal de Praga, que ganhou a Triga de Ouro, prêmio máximo da Quadrienal em 2011. Desenvolveu figurinos para os editoriais fotográficos Contos de Cristal, As Cores de Suburbia e Nasce uma Atriz, para o caderno Ela – O Globo. Como Diretora de Arte assinou o desfile Rôpa, dirigido por ela mesma; Delírio e Vertígem e O que você foi quando era criança? Peças teatrais dirigidas por Rita Clemente. Estreou como diretora artística e dramaturga no espetáculo A Caligrafia de Dona Sofia, protagonizado por Dira Paes, em 2014.

 

CAMILA MORENA é atriz, figurinista e bacharel em interpretação teatral formada pela Universidade de Brasília. Como figurinista foi responsável pela pesquisa e criação de indumentárias e adereços dos espetáculos “Proibido Retornar” e “Estado de Coma”, do Grupo Teatro Invertido; ZUCCO? (direção de Amaury Borges), “+Alto que a Lua” (direção de Juliana Pautilla), “Manga, Mangueira meu pé de Brincadeira” (direção de Chico Pelúcio), do espetáculo cênico-musical “Concerto em Ré” (Grupo Maria Cutia), “Sonho de uma Noite de São João” (direção de Paulinho Polika), “Arriscamundo” (direção de Kenia Dias), “A Mudança da Cia do Chá”, do espetáculo “Tocatta” da Cia SESI de Dança e de “O Gol Não Valeu” da ZAP 18 (direção de Cida Falabella) com indicação de melhor figurino no prêmio SINPARC/COPASA 2017. Foi assistente de Luciana Buarque na cenografia e figurinos do espetáculo Delírio & Vertigem (direção de Rita Clemente) e responsável pelos figurinos e adereços do espetáculo Os Ancestrais (direção de Grace Passô). Foi coordenadora dos Núcleos de Pesquisa do Galpão Cine Horto entre 2011 e 2015, onde é professora dos Cursos Livres de Teatro há seis anos.

 

RODRIGO MARÇAL é formado em Teatro no CEFAR – Palácio das Artes (BH). Teve aulas com os cenógrafos Raul Belém Machado e Inês Linke; com os Iluminadores Marcelo Miagui, Telma Fernandes e Leonardo Pavanello, com quem também trabalhou como assistente em peças de teatro, óperas e espetáculos de dança. Ganhou os prêmios de melhor Iluminador Teatro Infantil do FETO – BH em 2006 (“Putz, a menina que buscava o sol”) e o Usiminas SINPARC/MG de melhor iluminação em Dança de 2009 (“Dolores” – Mimulus Cia de Dança) e 2010 (“Por um Fio” – Mimulus Cia de Dança) e o COPASA/SINPARC de melhor iluminação Teatro Adulto 2013 (“Em louvor à vergonha” – Diego Bagagal). Além das indicações ao USIMINAS/SINPARC de melhor iluminação em Dança 2012 (“Entre” – Mimulus Cia de Dança) e o COPASA/SINPARC de melhor iluminação Teatro Adulto 2016 (“Ignorância” – Quatroloscinco Teatro do Comum). Atualmente é coordenador técnico do Grupo Galpão. Como Lighting Manager esteve em diversos teatros do Brasil, da Espanha, França, Estados Unidos, Finlândia, Bélgica, Itália e Canadá.

 


Lista de Selecionados (ordem alfabética)

André Brandão de Castro
Antonio Esteves do Nascimento Júnior
Caroline Barbosa Manso
Daise Daiane Gomes leal
Isabelle Utsch Costa
Izabel Marques Cruz
Lorena Vaccarini Ávila
Rafael Alves Ribeiro de Oliveira
Rodrigo Ianni Gouveia

 

Lista de excedentes (ordem de classificação)

Olganelise Möller Ferreira de Gouvêa
Daniele Gomes Silva
Luzia Marta Ramos
Leonardo Martins Domingos
Os selecionados receberão um e-mail de confirmação com informações importantes sobre a pesquisa e os primeiros encontros com a equipe do Oficinão – que acontecerão dos dias 28, 29 e 30 de março.

 

Categoria: Destaque, Notícias | Assuntos:

Cadastre-se em nossa newsletter

E-mail*

Entre em contato

Rua Pitangui, 3613, Bairro Horto
Belo Horizonte - MG - Brasil - CEP.: 31030-065

+55 31 3481-5580

contato@galpaocinehorto.com.br

Horário de Funcionamento

Segunda a sexta das 9h às 22h, sábado das 9h às 17h e domingo das 15h às 21h.
Bilheteria – Aberta sempre 2h antes das apresentações.
Centro de Pesquisa e Memória do Teatro (CPMT) - segunda a sexta das 14h às 19h

Como Chegar