17º FESTIVAL CENAS CURTAS

 

 

17cc_slider_site_vs01_fc

A 17ª edição do Festival Cenas Curtas já chegou bombando! Foram mais de 230 inscrições de Cenas, sendo 16 selecionados para o festival que acontece de 15 a 18 de setembro de 2016 no Galpão Cine Horto. Este ano o evento trouxe uma novidade: a convocatória ROLÊ. A categoria recebeu mais de 60 propostas artísticas e 10 delas irão compor a programação com atividades no Corredor Leste.

O Festival Cenas Curtas, um dos projetos pioneiros do Galpão Cine Horto, é referência no Brasil em diversidade de linguagem e ambiente de experimentação, ao criar um ambiente de intercâmbio, crítica e formação artística. Saiba mais das edições anteriores aqui.

 

QUE LUGAR VOCÊ OCUPA?

A temática dessa edição chama atenção para a discussão latente sobre pertencimento em seus vários aspectos: geográfico, social, político e artístico. A Coordenadora Geral do Galpão Cine Horto, Giselle Milagres, explica: “Que Lugar Você Ocupa’ é um convite ao diálogo sobre a cidade que vivemos, nossa relação com as questões políticas atuais, nosso papel enquanto cidadãos e a potência da arte em meio a essas articulações”. Sem respostas prontas, o tema que abarca as 16 cenas selecionadas revela a pluralidade que é a busca de reconhecer o lugar que ocupamos. “A diversidade de linguagens e propostas cênicas oriundas de cinco estados são recortes que não buscam encerrar o enorme leque de possibilidades de respostas, mas, ao contrário, expande”, conclui.

 

17º Festival Cenas Curtas - Que Lugar Você Ocupa

 

ROLÊ

Em sintonia com o tema, a programação ROLÊ reúne 9 trabalhos que irão ocupar os espaços do Corredor Leste. São performances, festas e instalações que abordam temas e estéticas diversas como direito à cidade, negritude, orgulho LGBT e periferia. Os rolês acontecem nos vizinhos e amigos do Galpão Cine Horto que também integram o Corredor Leste.

Gruta! Casa de Passagem: congrega festa e arte em um só lugar.

O Teatro 171: é sede e espaço de confluência de diversos artistas independentes da cidade.

Zona Last: é um bar cultural recém-chegado à região, mas que já vem se firmando como importante espaço dos boêmios da Regional Leste de Belo Horizonte.

 

DEBATE DO DIA SEGUINTE

O formato do Festival segue com 4 cenas em cada dia do evento que são discutidas pelo Debate do Dia Seguinte, tradicional espaço para diálogos e críticas sobre os trabalhos apresentados. Os debates são guiados pela jornalista convidada Joyce Athiê e por Marcos Coletta, ator e pesquisador à frente da coordenação Centro de Pesquisa e Memória do Teatro (CPMT – Galpão Cine Horto).

 

II FEIRA DE PUBLICAÇÕES INDEPENDENTES

Também faz parte da edição deste ano a II Feira de Publicações Independentes que acontece ao longo do dia 17, sábado. As tendas irão ocupar parte da Rua Pintangui com 20 expositores entre artistas gráficos, escritores, editoras independentes e coletivos artísticos. O projeto terá espaço para performances, discotecagem, foodtruck e o duelo de poesias com o Slam Clube da Luta. A Feira traz, ainda, mesas de debates sobre dramaturgia, poesia e publicações independentes que acontecem de 12 a 14 de setembro.

 

FESTA DE ENCERRAMENTO: A CASA DA LUZ VERMELHA

Show com a banda Bagaceira Cult e discotecagem com o DJ Roque Santeiro. Na festa serão divulgadas as cenas mais votadas pelo público do festival e que farão parte de uma temporada nos dias 24 e 25 de setembro. A noite traz ainda o divertido Prêmio Banana Rosa, uma sátira promovida pelo Teatro 171 que inventa suas próprias categorias para premiar os vencedores com uma fruta tingida.

 

COMISSÃO DE SELEÇÃO DAS CENAS CURTAS

A seleção do Festival de Cenas Curtas de 2016 ficou a cargo de Bia Nogueira, Cris Moreira, Letícia Carneiro, Marcos Coletta, Gisele Milagres e Fábio Furtado. Juntos, a comissão selecionou 16 cenas de 5 estados tendo em vista a diversidade de linguagens. Já a comissão da convocatória ROLÊ foi integrada por Henrique Limadre, Marina Viana, Joyce Malta, Gisele Milagres, Pedro Romero e Sosti Reis, que organizaram uma seleção de atividades artísticas pensando a programação do festival para além do Galpão Cine Horto.

 

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

12/09 | SEG

19h – 21h | Galpão Cine Horto – Cinema | II Feira de Publicações Independentes

Debate: Dramaturgia para cenas curtas

Vinicius Souza (mediador), Marina Viana (convidada) e Raysner de Paula (convidado)

 

13/09 | TER

 

19h – 21h | Galpão Cine Horto – Cinema | II Feira de Publicações Independentes

Debate: Slam Clube da Luta

Ana Luiza (mediadora), Rogério Coelho (convidado) e João Paiva (convidado/RJ)

 

14/09 | QUA

 

19h – 21h | Galpão Cine Horto – Cinema | II Feira de Publicações Independentes

Debate: Publicações: o que faz uma editora ser independente?

Marcos Coletta (mediador), Caio Otta (convidado) e Rodrigo Ricardo (convidado)

 

15/09 | QUI

 

21h | Galpão Cine Horto – Teatro | Festival Cenas Curtas

Cena O BUg Creditos Fernanda Diniz

 

O BUG | Tulio Cassio Souza Santos (Belo Horizonte/MG)

Bug /bʌg/: Defeito, falha ou erro no código de um programa que provoca seu mau funcionamento. Numa busca caótica e apressada pela não invisibilidade, o início de uma relação entre dois desconhecidos se dá através de máscaras reais e metafóricas pela internet.

 

 

AUTO CURADORIA_Taciana Theodoro_03

 

AUTO-CURADORIA: UMA DRAMATURGIA DE ATITUDE | Carlos Hamilton Fernandes de Oliveira (Contagem/MG)

A cena inventa o espaço político com o breve currículo da personagem Kayete e questiona a associação entre morte e erotismo. O Brasil é o que mais mata transexuais e os trans são os mais procurados nos sites eróticos do país. Como você explica isso?

 

 

 

 

Foto divulga ama3 

AMA | Anderson Ferreira do Nascimento (Belo Horizonte/MG)

Nascida na Costa d’Ouro, atravessou o Brasil colonial e hoje resiste nas periferias. Sua cor foi o que lhe restou. Para todas as Medeias que morrem de amor e não deixam os filhos viverem com fome.

 

 

 

 

 

CABARÉ VOLTEI_MARÇO DE 2016_FOTO 2 MARCELO ALMEIDA

 

CABARÉ VOLTEI – OSWALD RÓI UBU | Ricardo Bertola Nolasco da Silva (Curitiba/PR)

Micro-Manifesto Vedetes ex Machina: Lançamos nossa voz no ano cósmico de mais uma revolução que malogrou. As fronteiras imaginárias de nossa cidade estado se borram com as gotas de nosso suor.

 

23h | Do Galpão Cine Horto ao Teatro 171 | Rolê

PERIFERICXS | Izaque Vieira (Belo Horizonte/MG)

Show com Azizi, Cristal Lopez, Jonata Vieira, Will’a Queer, William Araújo e Zek Andrade apresentando um repertório que engloba as áreas de dança, artes visuais, música e drag queen, unidxs em prol da luta contra racismo e LGBTQfobia.

 

00h | Zona Last | Rolê

 GUI GUI A GO GO | Guilherme Morais (Belo Horizonte/MG)

Venha sentar no sofá da nossa celebridade MARA o que? VILHOSA! Além de várias outras atrações locais tupiniquins, vamos ter discotecagem da bunuyta (sim, pode pedir música), vai ter jogos (namoro ou amizade, passa ou repassa e banheira do gugu), entre outros ícones da TV brasileira.

 

16/09 | SEX

19h às 20h30 | Galpão Cine Horto – Cinema | Debate do Dia Seguinte

Debate com as cenas apresentadas no dia 15/09

 

21h | Galpão Cine Horto – Teatro | Festival Cenas Curtas

Redescobrindo Lautrec_foto15_Luciano Contreras (Chile)

 

REDESCOBRINDO LAUTREC | Caroline Graeff (Nina Vogel) (São Paulo/SP)

Uma jovem artista encontra o pintor francês Henri de Toulouse-Lautrec, ícone da Arte do final do século XIX, fragmentado e descobre que a única maneira de lhe trazer à vida é emprestando-lhe suas pernas e braços. À medida que o pintor revive, ele redescobre seus talentos e limitações físicas num mundo desconhecido.

 

 

 

 

 

CASULO - Foto Carol Neumann (2)

 

CASULO | Letícia de Oliveira (Campinas/SP)

A cena cria-se a partir do diálogo entre dança, música e mitologia ioruba e, investiga, através de imagens e sensações internas, metamorfoses do/no corpo – híbridas, inumanas, andróginas e múltiplas.

 

 

 

Cena Eu - foto de André Veloso - 02

 

EU | Andréia Quaresma Andrade Ferreira (Belo Horizonte/MG)

É um trabalho autobiográfico que fala sobre a vida de uma mulher desde sua infância vivida, na visão de muitos, como um menino, passando por uma adolescência repleta de abusos sexuais até a chegada da menopausa, muito antes do esperado.

 

 

Bruno_Coqueiro_Coreografia_de_Enchente_em_processo _CMD#2_0165

 

COREOGRAFIA DE ENCHENTE (EM PROCESSO) | Luisa Bruno Martins (Rio de Janeiro/RJ)

ELE, um escritor, cria versões da própria realidade para tentar se despedir de ELA, que há alguns anos desapareceu subitamente. Dentro da ficção que escreve pra si mesmo, ELE tem a chance de finalmente dizer adeus, de talvez voltar a viver uma vida comum.

 

 

23h | Zona Last | Rolê

RAYNHA DA DUBLAGEM | Daniel Martins de Freitas (Belo Horizonte/MG)

O Coletivo Montarya chama todas as maravilhosas para por suas caras no sol, no led, no glitter no originalíssimo duelo Raynha da Dublagem. Aqui não tem carão, só tem caruda e corajosa pra dublar o que tiver que dublar! E quem decide a disputa é o público.

 

00h30 | Gruta | Rolê

O CORPO DESEMBESTADO DE ADIVINHA A DIVA | Matheus Silva (Belo Horizonte/MG)

Um performer dispõe seus adereços em sua volta e tem 60 minutos de músicas de Carmen Miranda para inventar para si um novo corpo, livre dos gêneros e dos moldes padrões. Uma prática de liberdade e afirmação da vida na qual o público pode participar desenhando-o.

 

01h30 | Gruta | Rolê

THE PULSO IN CHAMAS – A BANDA MAIS BABADEIRA DA CIDADE | Wagner Junio Ribeiro (Belo Horizonte/MG)

The Pulso in Chamas é uma banda composta por Drag Queens homens e mulheres. Tendo como base o empoderamento Negro, LGBT e a Representação Feminina, traz em seu repertório músicas que dialogam com essas temáticas.

 

17/09 | SÁB

 

10h | Zona Last | Rolê

CALDO DE PERSONAS | Pablo Evangelista Rodrigues (Contagem/MG)

Um encontro de forma colaborativa e festiva que se propõem a utilizar espaço mínimo e múltiplo para interações de estilos dos seus personagens, tendo como vivência interações artísticas e técnicas do grafite.

 

14h – 19h | Galpão Cine Horto | II Feira de Publicações Independentes

Perfomances / discotecagem / Expositores convidados: Edições CPMT + Editora Javali + Estratégias Narrativas – Editorial Leme e Jubarte + Atêlie do Matias + O Mundo de Julhelena + Entrecampo + Revista Piseagrama + Chão da Feira + Editora Substânsia + A Zica + N U N C – Edições de Artista + Estúdio Guayabo + O Que Você Queer + Clãdestina Cartonera + Prisca Paes + Selo Maritaca + Desali + Polvilho Edições + Um Poema Por Dia + Coletivo Margem + Rogério Silva de Carvalho + Naassom Gonçalves de Paula

 

16h30 – 18h | Galpão Cine Horto | II Feira de Publicações Independentes

Slam Clube da Luta

 

19h às 20h30 | Galpão Cine Horto – Cinema | Debate do Dia Seguinte

Debate com as cenas apresentadas no dia 16/09

 

21h | Galpão Cine Horto – Teatro | Festival Cenas Curtas

Anti-Antigona - coletivo [conjunto vazio] 

ANTI-ANTIGONA | Paulo Henrique Assunção Rocha (Belo Horizonte/MG)

A proposta tenta pensar derrocada das perspectivas revolucionárias e emancipatórias na contemporaneidade utilizando elementos da performance art, vídeo, risco físico e uma visualidade calcada em elementos anarquistas e comunistas.

 

 

 

 

 

Matheus Cabral (1)

 

A TERRÍVEL PLANÍCIE DE KENÓTITA | Helena Panno Cabral Ramos (Rio de Janeiro/RJ)

Um atropelamento divide a existência de um individuo entre Kenótita – um mundo mítico – e A Rua – nossa realidade mundana. E numa existência transitória, um morador de rua retoma o mito da solidão humana.

 

 

Foto 02. Gilsergio Botelho

 

PARIRÉ | Gilsergio Botelho de Araújo (Vitória da Conquista/BA)

Duas mulheres em uma mesma instituição familiar. De forma poética e bem humorada, “Pariré” traz para cena a construção daquilo que não somos, mas daquilo que somos conduzidos a ser.

 

 

©Bruna Brandao -2574

 

LAST DANCE | Henrique Magalhães Cordoval (Belo Horizonte/MG)

Há anos, dois artistas dividem palco e vida. Mas em algum ponto essa relação se perde e as transformações pessoais, sutis, revelam o vazio. O que vem depois do silêncio? O que começa quando tudo termina?

 

 

 

 

23h | Do Galpão Cine Horto ao Teatro 171 | Rolê

VIOLENTO | Pedro Amparo (Belo Horizonte/MG)

A performance é uma proposta de trabalho e de discussão do corpo negro nos espaços artísticos. Partindo deste corpo coberto por significados e adjetivos, a performance procura questionar como este corpo é visto nesse lugar que é também seu por direito: o espaço cênico.

 

00h | Teatro 171 | Rolê

DUELO DE EGOS #6 ANOS – VIA CRUCIS – TRANS-CORRENDO O LADO LESTE | Fábbio Guimarães (Belo Horizonte/MG)

A pseudo-dupla de DJS Paola Bracho e Petra Von Kant levam seu eletrosynthpopbarrocorococómineiro para um rolê!

 

01h | Gruta! | Rolê

TROPAROZA CHOQ – CONFERÊNCIA MARGINAL | Pedro Pedro (Belo Horizonte/MG)

Desequilibrados jurídicos, vândalos em potencial, anômalos e agitadores. O Brazyl nos clama, esse encontro é secreto. A TropaRoza Choq vive e essa convocação se estende a todos aqueles com o nome no SPC Serasa. Venha de roza. A revolução é anarcoqueer!

 

18/09 | DOM

 

17h às 18h30 | Galpão Cine Horto – Cinema | Debate do Dia Seguinte

Debate com as cenas apresentadas no dia 17/09

 

19h | Galpão Cine Horto – Teatro | Festival Cenas Curtas

A chegada de Lampião no Inferno_De Gouveia_01

 

A CHEGADA DE LAMPIÃO NO INFERNO | Matheus Souto Xavier (Jequié/BA)

Uma guerra entre Lampião e o exército do diabo é travada num jogo cênico que explora as possibilidades musicais e visuais que cinco brincantes encenam a epopeia cordelesca “A Chegada de Lampião no Inferno”.

 

 

Até tu, Brutus - 3 - Por Mary Siha

 

ATÉ TU, BRUTUS? | Lucas Vasconcellos (Belo Horizonte/MG)

Um texto esquizo, uma alegoria, uma farsa. Uma cena, uma performance, uma cena performática. “ Até tu, Brutus? ” busca elementos clássicos e contemporâneos para tratar da traição. Pois não há nada de novo debaixo do Sol.

 

 

guerrilha1_Naty Blas

 

GUERRILHA | Francisco Thiago Cavalcanti (Rio de Janeiro/RJ)

Um cadeirante, um maníaco-depressivo e um deficiente visual se unem na fila de espera do INSS para aplicar um golpe no sistema e nessa tentativa de subversão acabam corrompendo seus ideias e convicções. Livremente inspirado na “Revolução dos bichos”, de George Orwell.

 

 

 

Mulher Nota Mil _Will Soares_02

 

#MULHERNOTAMIL | William Douglas Barbosa Soares (Belo Horizonte/MG)

A história se passa com uma mulher criada por dois rapazes que tinham por finalidade “terem” uma “garota ideal”. Essa mulher sai de dentro do computador nos moldes formatados por eles, mas traz consigo uma série de partículas cibernéticas que se autodenominam: EMPODERADAS.

 

 

 

 

21h30 | Galpão Cine Horto – Teatro | Encerramento

Festa “A Casa da Luz Vermelha”: Show Bagaceira Cult + DJ Roque Santeiro + Anúncio das quatro cenas + mais votadas pelo público + Prêmio Banana Rosa + Presença VIP do coletivo Toda Deseo

 

19/09 | SEG

19h às 20h30 | Galpão Cine Horto – Cinema | Debate do Dia Seguinte

Debate com as cenas apresentadas no dia 18/09

Categoria: Notícias | Assuntos:

Cadastre-se em nossa newsletter

E-mail*

Entre em contato

Rua Pitangui, 3613, Bairro Horto
Belo Horizonte - MG - Brasil - CEP.: 31030-065

+55 31 3481-5580

contato@galpaocinehorto.com.br

Horário de Funcionamento

Segunda a sexta das 9h às 22h, sábado das 9h às 17h e domingo das 15h às 21h.
Bilheteria – Aberta sempre 2h antes das apresentações.
Centro de Pesquisa e Memória do Teatro (CPMT) - segunda a sexta das 14h às 19h

Como Chegar